Anúncio

Depois do primeiro artigo com as expectativas da temporada, vamos saber o que rolou durante este primeiro mês da Temporada de Verão 2020 em mais um Termômetro!

Como funciona? Cabe ao redator dar suas opiniões em apenas um (1) parágrafo do anime que esteja assistindo (ou mesmo dropado). Muitos deles estão disponíveis na Crunchyroll e colocamos um link logo abaixo para você já assistir – caso tenha estreado.

Ahiru no Sora

Leia também: Ahiru no Sora | Primeiro Gole

Baraldi: Com menos agitação alá Kuroko no Basket e mais dramático ao estilo Slam Dunk, Ahiru no Sora se coloca entre os melhores animes de esportes da década, se igualando a Haikyuu e Yuri no Ice no quesito de lapidar cada vez mais o gênero esporte. Com ou sem polêmica devido a animação que resultou a reclamação do diretor Takeshi Hinata, o anime ainda vale a pena e pode atiçar a curiosidade de ler o mangá, mesmo assim o conjunto da obra é de emocionar a todos.

Sinopse: Ele pode não ser tão alto, mas Sora Kurumatani voa na quadra de basquete! Herdando de sua mãe a paixão pelo esporte, Sora jura para si mesmo que vai alcançar o topo do pódio no torneio de basquete colegial… Se não fosse por um problema: o clube de basquete de seu colégio se tornou um antro de delinquentes! Será que a tenacidade e as cestas de três pontos do Sora vão conseguir convencê-los a botar o clube na linha?

ASSISTA AGORA NA CRUNCHYROLL


Deca-Dence 

Leia também: Deca-Dence | Primeiro Gole

Gonzaga: O primeiro episódio trouxe tanto impacto quanto os PVs apresentados para promover a animação, mas do nada, quase caiu numa confusão de enredo e a sorte bradou com os episódios mais recentes – 3 e 4 – que ofuscou esse pequeno descuido. A staff munida por quatro gigantes provou que DECA-DENCE iria ser o que apresentaram: cenas de ação com fluidez, trilha sonora impecável, enredo orgânico e animação para todos os gostos.

Sinopse: Faz muito tempo que a humanidade quase que chegou à extinção devido ao aparecimento repentino das criaturas desconhecidas chamadas de Gadoll. O povo humano sobrevivente vive agora em uma enorme fortaleza móvel de 3.000 metros de altura chamada Deca-Dence, onde passaram a construir uma vida segura e longe dos Gadoll. Em Deca-Dence existem aqueles que são chamados de Gears, guerreiros que lutam contra os Gadoll, e os Tankers, pessoas sem habilidades de combate. No entanto a jovem Tanker chamada Natsume decide arriscar tudo para realizar seu sonho de se tornar uma Gear. Ela conhece então Kaburagi, um artesão e reparador de armamentos de Deca-Dence. De um lado ma garota positiva que nunca desiste e do outro um homem realista que já desistiu de seu sonho. À primeira vista, o encontro entre essas duas pessoas abalará significativamente o futuro do mundo.

Diary of Our Days at the Breakwater

Leia também: Diary of Our Days at the Breakwater | Primeiro Gole

Baraldi: O que esperar de um anime? Muita ação, boa trama, romance meloso, um terror psicológico ou simplesmente um slice of life, muito depende daquilo que te instiga assistir, pois fica a pergunta, o que te faz assistir um anime de pesca? Provavelmente nada, até assistir um anime de pesca. Houkago Teibou Nisshi traz a história de uma garota que só queria entrar em um clube de artesanato e ser feliz, mas uma senpai bem oportunista e assustadoramente calma, a convence em fazer parte do grupo de pescaria; e com outras garotas têm como objetivo pescar, simplesmente pescar. Admito que comprei a ideia e vou assistir esse anime porque achei ele bem engraçado e simpático.

Eriki: O moe da temporada tem por trás dele um ditado japonês muito preciso. Ele diz que “se você quer se divertir por um dia, encha a cara; se você quer se divertir por três dias, se case; se você quer se divertir a vida inteira, vá pescar”. Houkago Teibou Nisshi passa bem essa tranquilidade de quem vive pescando tanto em animação, quanto em sua música gostosa de se ouvir. Recomendadíssimo.

Sinopse: Hina Tsurugi é uma jovem aluna do primeiro ano de uma escola do litoral que tem como hobby o artesanato. Enquanto caminha por um aterro, a jovem conhece a veterana Kuroiwa, a qual a convida para o misterioso “Embankment Club”.

Fire Force

Baraldi: O grupo de bombeiros mais famoso dos animes começa leve e lento na segunda temporada, isso para você se recuperar de tudo que aconteceu na primeira. Claro que esse momento não passa de uma leve respirada até a ação sem freio te acalorar daquele mundo o qual você já conheceu na primeira temporada de Fire Force, não só todo o estilo shounen de ser como aquele isekai ecchi que todo mundo conhece, só que ao contrário.

Sinopse: O enredo do anime de Fire Force passa-se em um mundo onde brigadas de incêndio especiais (conhecidas como Companhias Especiais) estão lutando contra uma série de acidentes chamados de combustão espontânea que vem atingindo os humanos e os transformando em “demônios” conhecidos como Infernais.

ASSISTA AGORA NA CRUNCHYROLL


The Millionaire Detective Balance: Unlimited

Eriki: Chega a ser criminoso ter esse anime ignorado. O contraste que há na dupla de policiais Haru e Daisuke, respectivamente o idealista sério e o zilionário arrogante é acentuado com uma trilha sonora digna da Broadway. Oh, e é rap que você curte? Então você vai passar a temporada inteira cantando esse encerramento épico! Essa nova série policial é boa demais pra se perder de vista!

Sinopse: A história segue o incrivelmente rico Daisuke Kanbe, que resolve audaciosamente os casos de maneiras não convencionais. Enquanto Tsutsui serializou o romance original se passa entre 1975 a 1977, o anime mudou o cenário para os dias modernos.

Gibiate

Eriki: São tantos gigantes em uma única produção que fica impossível de tirar os olhos de Gibiate, mesmo tendo um CGI ainda mais horrendo de se ver do que os monstros por ele feitos (será que é essa a intenção?). Com designs do eterno Yoshitaka Amano e músicas por Yoshida Brothers e integrantes do lendário Luna Sea, Shinya e Sugizo, o anime pode ir pro caminho que for que estarei testemunhando.

Sinopse: Japão, 2030. Um vírus chamado Gibia infectou humanos do mundo todo. Os infectados tornam-se diferentes tipos de monstro, dependendo da idade, sexo e raça. De repente, um samurai e ninja aparecem no Japão devastado pela doença. Vindos do começo da era Edo, eles lutam juntos, contando com a ajuda de uma médica para encontrar uma cura para o Gibia. Enfrentando incessantes ataques dos infectados, e dos foras-da-lei famintos, eles embarcam numa perigosa jornada.

ASSISTA AGORA NA CRUNCHYROLL


Cinderella Nine Re:fine

Baraldi: Um episódio você precisa para morrer de fofura e purpurina sair do seu computador ou celular, Hachigatsu no Cinderela Nine se junta ao gênero esporte de forma diferente, um slice of life onde foca desenvolver um time e uma amizade entre garotas fofinhas se divertindo com o baseball, mas de início já se vê que o foco no esporte está totalmente descartado. Se isso será bom ou ruim, não sabemos, mas a vibe do anime te conforta como um abraço quentinho.

Sinopse: No jogo, o jogador assume o papel de um ex-craque de basebol da liga que perdeu a sua carreira no basebol depois de sofrer uma lesão não especificada. O personagem muda-se para a cidade natal da sua avó e matricula-se na escola secundária local, resolvido a nunca mais entrar no mundo do basebol. Quando o personagem conhece Tsubasa Arihara, ele ou ela é persuadido a ser o gestor da equipa da basebol da escola, e levar a equipa para o campeonato nacional.

MAJOR 2nd

Leia também: MAJOR 2nd | Primeiro Gole

Baraldi: A simplicidade pode ser escrachada por alguns fãs, mas ainda é o toque sutil para que um anime seja divertido e engraçado, MAJOR 2nd conquistou com sua primeira temporada e já está entregando uma segunda, essa que acelera a trama e inicia o arco do beisebol juvenil, a criação de um time que têm como base o respeito criado pela rivalidade, MAJOR 2nd é um dos animes mais divertidos para se assistir na temporada enquanto está almoçando.

Sinopse: Daigo Shigeno é um adolescente, filho de Goro, um jogador profissional de beisebol. Inspirado por seu pai, que jogou na Major League japonesa, Daigo começa a jogar beisebol com os Mifune Dolphins, uma liga juvenil. Incapaz de estar à altura das expectativas de um filho de jogador profissional, ele acaba desistindo do beisebol em menos de um ano. Até que, na primavera da sua sexta série, a escola de Daigo recebe um aluno que acaba de voltar dos EUA – Hikaru Sato, filho de Toshiya Sato, jogador da Major League e amigo próximo de Goro. O que esperar do futuro destes dois jovens?

ASSISTA AGORA NA CRUNCHYROLL


Monster Girl Doctor

Leia também: Monster Girl Doctor | Primeiro Gole

Baraldi: Depois de um longo período de guerras, humanos e monstros conseguem conviver em paz, nisso um médico é responsável por cuidar das mais belas e diferentes criaturas que rodeiam esse isekai. Essa light novel escrita por Yoshino Origuchi têm apenas duas edições do mangá e quatro episódios do anime – a obra ainda está em lançamento e promete te divertir com uma história bem engraçada e romântica.

Gonzaga: E pensar que por ter perdido uma aposta eu teria que assistir essa animação até o fim – e isso seria como carregar a cruz ao calvário – foi de alguma forma proveitoso por que como muitos sabem, eu tenho um pequeno problema com a inclusão desnecessária do ecchi em animações, o Dr. Glenn Litbeit e a lâmia Saphentite Neikes conseguiram me comprar pela curiosidade com os quatro primeiros episódios.

Eriki: Se eu já assisti Ishuzoku Reviewers e Monster Musume, O Primeiro de Seu Nome… por que não? E na real, mesmo sendo definitivamente tosco garotas-monstro gemendo desnecessariamente ao menor exame clínico (Echi Desnecessário™?!), Glenn não brinca de médico. A seriedade dele no trabalho te presenteia com uma curiosidade médica (ou veterinária?) aqui e lá bem bacana. O segredo é pegar imunidade ao constrangimento.

Sinopse: Na cidade de Lindworm, onde coabitam humanos e monstros, um jovem doutor chamado Glenn inicia outro dia de perigosas consultas médicas. Seja examinando as guelras de uma sereia, ajudando uma harpia a botar ovos ou apalpando as escamas de uma dragoa, Glenn faz de tudo para ajudar garotas das mais variadas aparências e formas. Esta clínica está aberta 24 horas para tratar de garotas monstro como você nunca viu!

ASSISTA AGORA NA CRUNCHYROLL


Mr Love: Queen’s Choice

Leia também: Mr Love: Queen’s Choice | Primeiro Gole

Doka: Um título que ninguém esperava absolutamente nada e veio como uma surpresa até para os fãs do game mobile, Mr Love tem entregado episódios excelentes e que vão além das expectativas. Com um início curioso que não prometia muita coisa, os últimos dois episódios cresceram demais, e me deixaram muito ansiosa e curiosa para o que está por vir. A animação é LINDA e está ganhando espaço na minha lista de haréns invertidos com facilidade.

Sinopse: “Para continuar no mesmo lugar, você tem que correr o máximo que puder.” Quando meu pai faleceu, eu assumi seu posto como presidente da Miracle Entertainment, uma produtora de vídeo que produz o programa de TV “”Encontrei um Milagre!””. Foi então que conheci quatro Evolvers, de diferentes passados e personalidades. Simon é um gênio da ciência; Kira, um artista no topo das paradas; Haku, um policial que enfrenta crimes envolvendo Evolvers; e Zen, CEO do Grupo Huarai, nossos patrocinadores. Com isso, acabei me envolvendo numa enorme conspiração secreta que está por trás da morte do meu pai.

ASSISTA AGORA NA CRUNCHYROLL


No Guns Life 2

Eriki: A segunda temporada veio rápida e sem perder uma gota de qualidade. A última abertura era tão boa que só mesmo o Hiroyuki Sawano pra ser capaz de superá-la. O irmão postiço de Bladerunner tem feito um trabalho de narração tão bom quanto na primeira temporada, onde cada episódio te prende a ponto dele acabar quando você menos espera. O tempo passa mais rápido assistindo No Guns Life.

Sinopse: Uma breve sinopse: No Guns Life conta a história de Inui Juuzou um ex-soldado que foi transformado em arma biológica para lutar na grande guerra. O anime segue a vida do Juuzou enquanto ele trabalha como um detetive, especializado em lidar com casos envolvendo ciborgues.

Peter Grill and the Philosopher’s Time

Leia também: Peter Grill | Primeiro Gole

Eriki: Então… em uma era onde a internet existe e uma série de números te dão uma experiência visual bem mais completa, me foge o porquê de uma série como Peter Grill existir. Ele seria muito mais feliz tendo lá seus 20 minutos completos e estreando num hanime da vida. Engraçadinho, mas dropado está.

peter grill

Sinopse: Esta série trata de temas adultos. Aconselha-se prudência ao espectador. Peter Grill é o guerreiro mais forte do mundo e mulheres de todas as partes, humanas e monstras, querem os filhos dele! Mas como Peter está casado com o amor de sua vida, ele não está curtindo tanto assim toda essa popularidade…

ASSISTA AGORA NA CRUNCHYROLL


Rent A Girlfriend

Leia também: Rent a Girlfriend | Primeiro Gole

Gonzaga: Todas as situações cômicas em que o Kazuya e a Chizuru se envolveram me tiraram boas risadas. RENT-A-GIRLFRIEND me surpreendeu com a adaptação para animê trazendo uma das melhores aberturas da temporada de verão 2020 com direito a uma coreografia por parte das personagens femininas e música da banda the peggies. Satisfeito.

Eriki: Quem anda vendo o Gole Otaku ou leu meu Primeiro Gole já viu bem que este aqui não está tendo o tempo mais prazeroso do mundo assistindo esse anime… mas, como um remédio amargo, Rent a Girlfriend tem um aprendizado a ser tirado; ainda que assisti-lo às vezes seja constrangedor. Tal como olhar para o “eu” de anos atrás refletido num Espelho da Vergonha.

Sinopse: Abandonado por sua namorada, Kazuya Kinoshita, um estudante emocionalmente abalado, tenta apaziguar o vazio em seu coração através de uma namorada alugada de um aplicativo móvel. … Incapaz de dizer a verdade, Kazuya e Chizuru são forçados a um relacionamento falso – agindo como se fossem verdadeiros namorados.

ASSISTA AGORA NA CRUNCHYROLL


ReZero: 2nd Season

Gonzaga: Eu demorei 4 anos para ver RE:ZERO, sim, eu não acompanhei a animação quando ela estava sendo exibida – por favor, não me julguem, não foi por mal – e eu sempre ouvia meus amigos mais próximos falarem de RE:ZERO. Sai questionando todos eles do por que ver a animação e obtive respostas boas e más.  Enfim, vi todos os episódios antes do lançamento da segunda temporada – incluindo a versão diretor´s cut e a versão dublada –, comprei todas as light novel disponíveis pela NewPop, o Artwork e os mangás pela Panini. Li tudo minuciosamente.  Emília? Rem? Não! Echidna.

Eriki: Quatro anos. Quatro longos anos, mas finalmente a história de Re:Zero começou a marchar pra além do “Quem é Rem?”, feito tanto de meme que a gente até esqueceu o baita cliffhanger que ele foi. A espera está valendo a pena, pois cada episódio tem sido uma explosão mental atrás da outra. E claro, Echidna é objetivamente a best girl da temporada, sem mais nem menos.

Sinopse: Re:Zero acompanha Subaru Natsuki, um adolescente comum que subitamente se vê transportado para um outro mundo. Indiferente a esse incidente incomum, o garoto acaba acidentalmente cruzando o caminho de uma meia-elfa que teve um importante pertence roubado.

ASSISTA AGORA NA CRUNCHYROLL


The God of High School

Leia também: The God of High School | Primeiro Gole

Doka: Assim como todo bom fã de Webtoon TGOH era o título que eu estava mais esperando dos lançamentos da temporada. Tendo chegado a quase 1/3 da série, eu sinto que o anime começou muito forte dando uma pequena queda nos últimos dois episódios, principalmente devido ao roteiro estar mais acelerado comparado ao que eu esperava. Todas as batalhas são incríveis, e eu realmente gostaria de mais tempo voltado a elas (ainda mais levando em conta o trabalho que o estúdio teve para gravação dos movimentos). A trilha sonora é perfeita em todos os detalhes, e a animação está linda e muito fluída, espero que até o final essa queda seja retomada e acabe excelente.

Gonzaga: Ao que tudo indica a staff de TGOH decidiu por acelerar o conteúdo da animação em relação à obra original da qual foi adaptada – lembrem-se: adaptação – dando certo enfoque nas lutas. Arriscado? Sim. Porém, não é algo tão tenebroso para se perder audiência e a polemica que rolou em cima do quarto episódio cai no ditado: não se pode agradar gregos e troianos. Em suma, TGOH teve uma ótima estreia, sustentou, cambaleou e agora tenta se reerguer.

Eriki: O xodó da Crunchyroll pra esta temporada alegra qualquer um que cresceu com KOF (o tequingue dos fliperamas…), Street Fighter e que ainda curte um x1 no Tekken. Todas essas influências são bem visíveis e apreciadas em The God of Highschool e sua animação sabe bem tirar o melhor de cada soco e chute

Sinopse: O God of High School é sobre um artista marcial de 17 anos de idade de Seul , Coréia do Sul . No início do webtoon, Jin Mo-Ri está no meio de uma briga que proclama ser o melhor lutador. Um homem de cabelos loiros em um terno, em seguida, aparece e convida-o para um evento de artes marciais chamado “The God of High School”. Mo-Ri só concorda em lutar quando o homem loiro bate em um soco.

ASSISTA AGORA NA CRUNCHYROLL


The Misfit of Demon King Academy

Leia também: The Misfit of Demon King Academy | Primeiro Gole

Gonzaga: Eu tenho que confessar que essa animação sofre em minhas mãos por que penso que os episódios são muito rápidos e vira e mexe, eu revejo o mesmo episódio três ou quatro vezes seguidas. Não por ser confuso, ruim, longe disso, mas por pensar ser fluido demais. O primeiro episódio veio causando impacto mesmo estando na mesma temporada de RE:ZERO, AHIRU NO SORA e o adorável OREGAIRU. Todos os episódios se mantiveram dentro da expectativa.

Eriki: Se tem um motivo que ainda me faz querer assistir Demon King Academia é a aposta do quão longe vai o ridículo de ter um protagonista tão quebrado de apelão. É como assistir Overlord, ou One Punch Man, ou Cautious Hero tudo de novo, mas escrito por um entusiasmado rapaz de 14 anos que acabou de descobrir o quão daora são protagonistas hiper-poderosos. Fica aí o desejo tímido de ver o plot amadurecendo um pouquinho mais até o final do anime.

Sinopse: Anoth, o rei demônio da Tyranny, derrotou humanos, espíritos e deuses. Mas até reis demônios se cansam de toda a briga às vezes! Na esperança de uma vida mais pacífica, Anoth decide se reencarnar. Quando ele acorda dois mil anos depois, porém, ele acha que o mundo se tornou pacífico demais – seus descendentes ficaram fracos e a magia está em grande declínio. Com a intenção de recuperar seu lugar de direito, ele se matricula na Academia Demon King, onde descobre que seu poder mágico está fora de cogitação. Literalmente. E como eles não podem medir seu poder, os professores e outros alunos consideram Anoth um desajustado. Com o apoio de Misha, a única aluna com quem ele consegue fazer amizade, o desajustado (Rei Demônio) começa a subir nos rankings demoníacos!

ASSISTA AGORA NA CRUNCHYROLL


UZAKI CHAN WANTS TO PLAY

Leia também: Uzaki-chan Wants to Hang Out! | Primeiro Gole

Gonzaga: UZAKI-CHAN funcionou muito bem pra mim, por que como sempre, eu escolho uma comédia para ver na temporada, afinal rir é muito bom. É algo tão gostoso de assistir que pode ter certeza de que quando estiver finalizado vai ser facilmente maratonado. O ar romântico que rola nos episódios é bem equilibrado evitando que a animação se torne aquela coisa melosa e fuja da proposta que veio.

Eriki: Não preciso dizer muito e não, não preciso mencionar os dois grandes, SUGOI DEKAI motivos pra assistir Uzaki-chan. É simplesmente fofo demais ver esse casal de amigos idiotas entre tapas e… tapas, nessa troca de provocações e situações constrangedoras que no final das contas te deixa de coração quentinho.

Sinopse: O único desejo de Sakurai Shinichi é um pouco de paz e sossego. Mas Uzaki Hana – seu subalterno barulhento e bem dotado – tem outros planos.