Anúncio

Ao lado de Nagatoro-san e Komi-san, Uzaki-chan está na santíssima trindade de best girls dos mangás, sendo a primeira das três a finalmente ganhar uma adaptação para anime (e o anúncio de Nagatoro veio logo na esteira, tenham fé fãs da Komi!). Como tem sido o anime da kouhai avantajada que ri e zomba da tua cara como poucas? Você confere o beabá aqui em mais um Primeiro Gole desta Temporada de Verão 2020.

SAKURAI QUER FICAR DE BOA

O cenário onde se passa o dia a dia do anime é na vida de Sakurai Shinichi, um rapaz mau encarado, mas que na verdade só quer ficar quieto no seu canto, curtindo sua vida na dele fazendo altos nada. Seu plano ideal de vida universitária gira em torno de ir às aulas, trabalhar no café perto do campus, ouvir suas músicas e jogar uns joguinhos.

É a vida que muitos já vivem não? Mas Take não se satisfaz nem um pouco com isso. O autor de Uzaki-chan adiciona uma pestinha na vida do Sakurai que não vai deixa-lo passar o seu tempo todo isolado.

UZAKI-CHAN QUE BRINCAR!

Hana Uzaki conhece Sakurai desde a escola, sendo um ano mais nova que ele na faculdade. Yep, habemus o plot da amiga de infância; mas mesmo sendo a kouhai da vez, Uzaki não está nem um pouco conformada em deixar seu senpai em paz depois de vê-lo passar um ano inteiro da faculdade completamente isolado. Ela decide que algo deve ser feito.

E o que deve ser feito? Importuná-lo até dizer chega, óbvio.

PAIXONITES, AMIZADES E BAZOONGAS

Sim, Uzaki é pequenina, sim ela é SUGOI DEKAI, ao ponto de já estar fazendo as pessoas xingarem muito no twitter, sério. Ser bilingue não é lá essas coisas todas no final das contas… e não seria a primeira vez que os canhões da Uzaki causam ultraje, como no caso da Cruz Vermelha que a usou como garota propaganda numa campanha de doação de sangue. Quando veio uma onda de protestos de pessoas que não aceitariam “receber doação de sangue de otaku”, ela acabou sendo retirada de cartaz; apenas parar ser colocada de volta depois que perceberam a queda de doações de sangue.

Independentemente do nível de loucura no mundo, o anime pelo anime é muito mais do que essa celeuma; acreditem, Uzaki-chan mal chega perto de ser tudo isso de ecchi. Nos últimos três episódios, o que destaca mais é essa química “entre-tapas-e-beijos” entre os dois. É óbvio demais, Uzaki provoca Sakurai porque é o jeito que ela tem de dizer que gosta dele. E mesmo relutante, Sakurai é gentil, então não sabe dispensar grosseiramente a atenção de alguém que quer seu bem.

Se isso é tão imperceptível assim por causa de um par enorme de bazoongas, sugiro uma limpeza nessa mente suja. Porque no final das contas Uzaki-chan é um anime mais fofo do que qualquer outra coisa. As peculiaridades de design acabam sendo mais um traço de personalidade do que um chamado para os hormônios.