T-Rex na Kanojo é um mangá escrito e desenhado pelo mangaka Sanzou, que conta a história de Yuuma Asahikawa e o seu dia a dia com Churio, uma garota T-Rex bastante cabeça dura que só pensa em comer.

Isso só é possível porque nessa versão da Terra, os dinossauros não foram extintos e sim evoluíram, adquirindo características humanoides a ponto de conviver pacificamente com os seres humanos.

E apesar de o título poder ser traduzido como “Minha Namorada é um T-Rex”, os protagonistas não namoram, mas o autor consegue fazer o leitor shipar os dois, um humano com uma dinossauro!

Garotas Dinossauro

O autor se mostrou bem informado sobre dinossauros, ele caracterizou muito bem as pessoas meio-dinossauro, baseando no tipo de dinossauro que a pessoa é, ela possui características diferentes dos outros dinossauros.

Churio é uma tiranossauro, assim ela tem um apetite voraz, ama carne, gosta de morder e é bem forte. Tem uma garota que é uma velociraptor chamada Trica que possui penas e é mais baixa. E tem a Kram, que é um anquilossauro, ela é muito forte, tem uma clava na cauda e acaba sendo assustadora sem querer, o que gera situações hilárias.

E esse é um dos pontos fortes do mangá, saber usar as diferenças entre os personagens pra criar situações engraçadas, onde as reações dos personagens e a desconstrução dos clichês fazem o humor da história.

T-Rex na Kanojo cover
Volume internacional de T-Rex na Kanojo (Capa Divulgação)

Um Passado Interessante

Uma das coisas que mais me prendeu na história foi Yuuma e seu passado misterioso “pero no mucho”. Quando Yuuma encontra com Churio pela primeira vez você ele não fica medo apesar dela tentar assusta-lo. E na medida que os capítulos vão passando você entendo o porquê.

O visual e a personalidade de Yuuma escondem seu passado de colegial, quando ele era um delinquente e foi rejeitado pela garota que gostava por ser amedrontador. E vez ou outra ele tem uma recaída e esse lado delinquente aparece.

Outro fato curioso sobre o Yuuma, é que ele tem medo de gatos. Sim! De gatos, a capa de um dos capítulos deixa a entender que ele tinha um passarinho de estimação, mas não tem mais.

Uma Comédia Cotidiana e Fofa

O mangá é um slice of life, já que retrata situações cotidianas, como um dia de trabalho, uma ida a praia, a procura por um apartamento para alugar; a diferença é que temos garotas-monstro passando por isso. Cabe até uma comparação Kobayashi-san Chi no Maid Dragon, um anime que conta histórias cotidianas de garotas meio-dragão.

O mangá consegue fazer o leitor se afeiçoar aos personagens, pois conhecemos suas qualidades e defeitos, seus hábitos, manias e queremos que eles fiquem bem. Como se Yuuma, Churio e cia fossem bons amigos.

A Parte Ruim é que Acabou

T-Rex na Kanojo não é um mangá perfeito, na verdade não tem nada de surpreendente e possui vários clichês, mas ainda assim consegue ser uma experiência divertida e terapêutica que eleva o astral.

Resumindo a história coloca um sorriso no rosto do leitor. O mangá foi concluído em dois volumes que totalizam 27 capítulos. Com um final corrido e inconclusivo a respeito do relacionamento dos protagonistas.

Tudo que me resta é esperar que um dia o autor de continuidade a história, mas até esse dia chegar lembrarei de obra com carinho.

T-Rex na Kanojo
Volume internacional de T-Rex na Kanojo (Capa Divulgação)