Anúncio

Ryuo no Oshigoto, ou The Ryuo’s Work is Never Done!, é um dos animes que saiu na Temporada de Inverno 2018 e foi lançado dia 8 de janeiro na Crunchyroll, uma segunda-feira.

Confira também: Darling in the FranXX | Primeiro Gole

O estúdio é o Project No.9, que fez Jikan no Shihaisha na temporada de verão de 2017. O diretor é o Yanagi Shinsuke, que já dirigiu outros animes do estúdio, como Tenshi no 3P! De acordo com a previsão, o anime possuirá 12 episódios.

Ryuuou no Oshigoto!
Ryuuou no Oshigoto! (Imagem Divulgação)

Referências

O anime é baseado em uma light novel de mesmo nome, escrito pelo Shiratori Shirow, que não escreveu muita coisa ainda. E também possui uma versão em mangá. É considerado seinen, e é um slice of life de comédia, sobre jogos, mais especificamente, shogi, um xadrez oriental.

Quando se trata de shogi, a primeira coisa que vem a cabeça é o anime, ainda em lançamento, Sangatsu no Lion, que está fazendo muito sucesso. Mas só pelo preview de Ryuo, podemos perceber que o clima e a forma de mostrar o shogi são bem diferentes de Sangatsu.

Enquanto o primeiro parece ser mais sério e aborda temas mais “pesados”, o segundo já mostra que será mais descontraído e engraçado. Mas é interessante ver animes que tratam praticamente do mesmo tema, contados de formas diferentes.

Ryuuou no Oshigoto!
Ryuuou no Oshigoto! (Imagem Divulgação)

O Rei Dragão

Agora sobre o anime. Ryuo no Oshigoto conta a história de Kuzuryuu Yaichi que se tornou profissional de shogi no ginásio, e agora que está mais velho, com 16 anos, já possui o título de Ryuo, ou Rei Dragão. Mas um dia, quando volta para casa, encontra uma garota de 9 anos em seu apartamento. Seu nome é Hinatsuru Ai, e ela quer que ele se torne seu mestre, e lhe ensine a jogar shogi devidamente.

A Hinatsuru Ai é uma garota que surpreende. Apesar da sua idade, e do fato dela ter começado a aprender shogi há apenas três meses depois de ver Kuzuryuu jogando, Ai já apresenta ser muito inteligente, com uma boa memória, e um potencial enorme para o shogi, deixando Kuzuryuu impressionado. Ela tem uma aparência fofa e gentil, e é bem animada, mas aparentemente ela possui um lado mais “sombrio”, digamos assim. O que, provavelmente, será uma das partes cômicas do anime.

Kuzuryuu Yaichi já é normal. Sua aparência é normal, e ele não aparenta ser muito diferente do que estamos acostumados a ver nos animes. Mas deve ser bom em shogi, já que conquistou o título de Ryuo.

Ryuuou no Oshigoto!
Ryuuou no Oshigoto! (Imagem Divulgação)

Rainha e Imperatriz

Outra personagem que aparece é uma colega de shogi do Kuzuryuu, Sora Ginko, que também é profissional. Ela tem só 14 anos e já possui dois títulos, a de Rainha e a de Imperatriz. Se tornou famosa no mundo do shogi. Ela é muito bonita, mas é o oposto da Ai, sendo uma personagem mais séria e nervosa. Mas provavelmente será uma das queridinhas do anime.

Fora esses, aparecerão outros personagens que serão trabalhados mais para a frente, como o mestre do Kuzuryuu e da Ginko, entre outros jogadores profissionais.

Pode Conquistar Fãs

Quanto a animação, o estúdio entrega um trabalho bem bonito, consistente, com cenários e personagens bem desenhados e animados.

Como é um slice of life, irá mostrar o dia-a-dia desses jogadores de shogi, e a evolução de Ai durante seu processo de aprendizado. Fora isso, é de se esperar algum fanservice, por isso, quem não gosta muito, é bom tomar cuidado com esse anime. Além de muitas garotas diferentes interagindo com o garoto, Kuzuryuu.

Shogi é um xadrez oriental, então não é muito interessante à primeira vista. Mas se esse anime souber trabalhar bem o jogo, como Sangatsu faz, conseguirá conquistar alguns fãs. Mas se não gostar de shogi, pode assistir só pela história, mas será difícil separar do jogo, já que estamos lidando com jogadores profissionais.

Imagino que será um bom anime para passar o tempo. Então se você gosta de slice, ou de shogi, esse anime pode te agradar.