Anúncio

Lançado no dia 13 de janeiro, na Temporada de Inverno 2018, Darling in the FranXX é um anime da A1-Pictures com a parceria da Trigger, dois estudos de peso, que já trouxeram para o mundo dos animes grandes obras como Sword Art Online e Kill la Kill, respectivamente.

Confira também: Karakai Jouzu no Takagi-san | Primeiro Gole

Darling in the FranXX é um anime shonen original, e se trata de ficção científica com mechas. O diretor é Nishigori Atsushi, que já trabalhou em animes como Evangelion, FLCL e Tengen Toppa Gurren Lagann, na parte de animação, mas dá para imaginar que ele tem bastante noção de ficção científica. O anime tem a previsão de 24 episódios, e sai aos sábados na Crunchyroll.

darling in the franxx
Darling in the FranXX (Imagem Divulgação)

Evangelion + Pacific Rim?

Darling in the FranXX se passa em um futuro distante do nosso, onde a Terra que conhecemos não existe mais, e a humanidade criou uma colônia em uma cidade que é móvel. Os humanos são ameaçados por inimigos chamados Kyoryu, que aparentemente são monstros gigantes (é o que deu para perceber no primeiro episódio).

Para defender o povo, crianças são escolhidas e treinadas para pilotar robôs gigantes, mechas, chamados FranXX. Cada FranXX é pilotado em dupla, e quem não consegue pilotar, é levado a algum lugar, e deixa de existir. Essas crianças são chamadas por códigos compostos por números, e entre si, elas criam nomes umas para as outras.

No primeiro episódio já temos um vislumbre dos personagens principais, secundários, do inimigo, e do mais esperado, os FranXX.

Os principais mais focados nesse anime são Hiro (Código 016) e Zero Two (Código 002). Hiro já foi considerado um garoto prodígio, mas cometeu uma falha, e perdeu seu posto como piloto, junto com sua antiga parceira.

Antes de partir para o lugar onde, provavelmente, deixaria de existir, um inimigo surge, e ele se vê na necessidade de ajudar seus colegas. Ao que deu para perceber no primeiro episódio, ele terá um grande foco no anime, e acredito que vá evoluir muito, pois até então, não parece ser tão poderoso.

Zero Two é o charme do anime. Sua aparência exótica, com chifres na cabeça, e seu jeito maluco já a torna a personagem mais interessante do anime. Com sangue de Urrossauro (um dos monstros gigantes inimigos), ela tem a fama de ser a devoradora de parceiros, já que nunca fica com um por muito tempo. É meio selvagem, e não tem medo de lutar.

darling in the franxx
Darling in the FranXX (Imagem Divulgação)

Harmonia

Os dois personagens claramente foram feitos para ficar juntos, que é comprovado no final do episódio quando pilotam o FranXX da Zero Two em parceria, e conseguem lutar em harmonia e destruir o monstro.

Acho que o balanço dos dois é perfeito, e um ensinará coisas para o outro, e forçará o outro a fazer coisas que normalmente não fariam. Será um desafio para ambos, mas acredito que os tornará mais fortes que muitas duplas.

O primeiro inimigo que aparece é um Urrossauro, e tem semelhanças com os dinossauros, mas não parece ser feito de carne e osso. Deu a entender que ele possui um núcleo vital, então se alguém o destruir, ele para de se mover. Provavelmente explicará mais para frente como isso funciona.

O cenário é, ao mesmo tempo, distópico e tecnológico. Enquanto não há nada praticamente na Terra devido às guerras, a cidade móvel já se encontra em melhores situações, parecendo ter uma tecnologia mais avançada.

darling in the franxx
Darling in the FranXX (Imagem Divulgação)

Um dos melhores animes da temporada?

A animação se mantém em boa qualidade, até mesmo durante as lutas, o que é um ponto positivo. O traço não é tão diferente ou inovador, mas é bem bonito. O FranXX que aparece no primeiro episódio é incrível, e depois da sua transformação fica mais legal ainda.

Depois de assistir aos seus previews, Darling in the FranXX se tornou o anime que eu mais fiquei empolgada para essa temporada. Fora todo o staff do anime e os estúdios incríveis, a história parece ser muito promissora e viciante. Tanto que acabou o primeiro episódio e eu queria mais.

Para quem gosta de ficção científica, luta entre robôs e monstros gigantes, aposto que esse anime será um prato cheio. Se conseguirem construir bem os personagens e esse mundo, esse anime estará disparado na frente dos outros animes da temporada.