Vindo diretamente do cinema chinês, O Mistério do Gato Chinês estreou em dezembro de 2017 na China, com um investimento de 170 milhões de ienes, lhe rendeu uma gorda bilheteria de 530 milhões, colecionou vários prêmios entre atuações, fotografia e efeitos visuais.

Leia também: Crônicas de Arthdal | Primeiro Gole

Em pleno 2019 está sendo distribuído no ocidente, um filme incrível que mistura o feudalismo chinês com a fantasia do folclore local, mas peca em sua construção de trama e será estranhado pela sua linguagem – mas a realidade é que esse filme trabalha mais o seu raciocínio do que um filme comercial.

 

Linguagens e Lugar no Mundo

Cada lugar do mundo têm uma linguagem para contar uma história, séries, desenhos e filmes em geral são diferentes em cada lugar do mundo, e o cinema chinês não é algo que o público ocidental está acostumado a assistir com frequência, talvez esse padrão cinematográfico seja normal para eles, mas aqui se mostra um tanto confuso, pois o roteiro possui alguns saltos exagerados, seguido de uma cena meio brusca em corte.

Na verdade o filme não é obrigado a te entregar nada mastigado, você têm que trabalhar sua mentalidade e se adaptar ao que está sendo assistido, prestar atenção em diálogos e ligar os pontos, como é o normal de um filme de suspense, mas no segundo para o terceiro ato do filme, o conjunto da obra está muito melhor montada, e não é porque você soube juntar os pontos do mistério, e sim porque visualmente ele está melhor montado, com cenas melhor amarradas e diálogos mais firmes e explicativos.

O início de toda a história é bem atropelado para que chegue ao plot o quanto antes, mas isso não tira da trama por causa de dois pontos os quais são a prova de seus prêmios ganhos e de contemplação da obra.

 

Fotografia Belíssima 

A fotografia desse filme é algo digno de Oscar, nesse ano de 2019, nenhum filme mostrou cenas tão lindas e bem montadas do que O Mistério do Gato Chinês, a mão do diretor Chen Kaige foi determinante para conseguir te prender do início ao fim, mesmo a trama sofrendo com alguns “problemas” de construção.

Paisagens com a cidade proibida em tons de cinza que narra visualmente a tragédia da família imperial, cidades populosas e sujas, que mostram pobreza, mas que na verdade são apenas a classe baixa trabalhando em mercado aberto, ainda acompanhado com um tempo nublado, bordel cheio de luzes e cores fortes para servir de alívio, isso acontece também no saguão principal do palácio real.

 

 

Toda essa maravilha caminha de mãos dadas com o figurino que, para alguns pode não ser novidade, mas vestes da realeza chinesa cheio de vida e alegria, destoando dos tons pastéis de um mero camponês e até do monge protagonista que caminha sempre de branco, se destacando dos antagonistas na cena para mostrar que ele é a luz de esperança para uma história bem sombria, mas que não é um tom chamativo, é aquele branco mais acinzentado para maquiar sutilmente que ele é o protagonista, logicamente acompanhando de uma trilha sonora facilmente absorvida que te leva por completo ao ambiente da antiga China e te fascina com sua fantasia e misticismo que o povo chinês sabe trabalhar a muito tempo.

Clichês que foram cirurgicamente trabalhados para te manter atento a história, todo o trabalho de direção e produção foi o que tornou a O Mistério do Gato Chinês um dos melhores filmes que estrearão em terras ocidentais.

 

Batendo de frente com o Ocidente

O Mistério do Gato Chinês baterá de frente com a cultura dos americanos em geral, seja norte, central ou sul, pois aqui o costume são filmes mais genéricos, franquias cansadas e CGIs excessivos, então uma produção dessa que precisa ser assistida com calma, prestar atenção em detalhes sutis mesmo escancarados em tela, faz com que esse filme passe desapercebido por muitos.

Se você gosta de tramas em tons de mistério e suspense, uma história que gosta de te confundir e brincar com sua atenção, te entregando fantásticas fotografias e figurinos que conversam com você enquanto a história está sendo contada, esse é o filme certo para você e provavelmente o melhor desse mês de Julho.