Anúncio

O mundo da televisão respira novos ares depois de um longo tempo fora de algo mais íntimo da cultura pop. Fala-se muito dos tempos áureos da TV Globinho, da Band Kids e claro, da TV Manchete. Alguém mais sortudo de ter tido tv a cabo chega até a se lembrar da Animax. Mas tudo isso aí é de mais de década. De lá pra cá os nichos incharam, se popularizaram, se renovaram e hoje em dia é bem mais comum encontrar fãs de anime do que a dez anos.

Mesmo com esse alargamento, as emissoras de televisão não renovaram suas programações com o público alvo, desanimadas com a popularidade e a comodidade dos conteúdos on-demand, como Netflix, Youtube e a própria Crunchyroll.

Remando contra essa maré e com bastante ânimo na mão, surgiu em novembro o perfil da Loading no Twitter. Ela vem se apresentando como um enorme guarda-chuva de entretenimento que engloba “esports, games, animes, tokusatsu, k-pop, dramas e mais”. E mais, ela pretende disponibilizar sua programação tanto de modo online, como na tv a cabo e, pasmem, na tv aberta!

O hype chegou no dia 4 de dezembro, quando a Loading divulgou sua parceria com a Crunchyroll e, de lata, com um catálogo de mais de 50 animes a serem exibidos na nova emissora. Alguns destes com dublagens inéditas exclusivas, como é o caso de Given e 91 Days.

A Loading irá estrear no dia 7 de dezembro e aqui tem algumas informações de como sintonizar no canal. Além do gordo catálogo prometido em parceria com a Crunchy, a Loading também está sabendo cativar alguns sentimentos nostálgicos: animes como Saint Seya: Lost Canvas, Sakura Card Captors e Ranma ½ (!!!) já estão prometidos e calorosamente divulgados.

Esse projeto tem cara de ousadia (e alegria) estampada no rosto. E a melhor parte é que alguma astúcia parece bem evidente em como a nova iniciativa pretende tocar seus trabalhos (porque sim, será muuuuuito trabalho pela frente): outra parceria anunciada anteriormente com a Sony Pictures promete 100 títulos para a grade de programação. E indo em direção ao gigantesco nicho de e-sports, a Loading também terá seu próprio campeonato de League of Legends com premiação total de 150 mil reais. A chamada “Liga Loading de Esports” não parece que irá parar no lolzinho, ao que indica.

Anúncio

Para quem quiser mais, a nova emissora também traz detalhes de sua programação semanal nesta postagem em seu perfil no Twitter.

Então é isso. A Loading vem com hype na mão e planos na cabeça. Planos que, dá pra ver, bem pensados: investindo não só em animes, mas em outros nichos com popularidade esmagadora como k-pop e e-sports. Só nesses dois últimos a atenção é bem garantida. E se pensarmos nessa iniciativa num Brasil onde o acesso a tecnologia e internet de qualidade ainda está longe de ser algo dado, o potencial dessa programação divulgada em tv aberta é deveras enorme…!

Pois pensem só, uma criançada aí sendo apresentada a histórias empolgantes e comoventes como Boku no Hero ou Black Clover (que não foram confirmadas na programação, mas vai quê), tal qual víamos todos Dragon Ball e Cavaleiros do Zodíaco cheio de empolgação no peito quando as crianças éramos nós…!

Novos ares vêm aí. E eles prometem refrescar!

Leia também: Thiago Garcia, CEO da Loading | Suco Entrevista

Anúncio