Entenda o motivo para a troca de nome de Yesung

Yesung Super Junior
Imagem Divulgação
Anúncio

No dia 8 de maio Yesung (Super Junior) anunciou em suas redes sociais a mudança de seu nome oficial, que deixou de ser Kim Jongwoon e se tornou Kim Kanghoon. A mudança causou reações surpresas às ELF (fandom do Super Junior) e às Clouds (seu fandom individual). Um dos motivos que causaram esta resposta foi que essa não é a primeira vez que Yesung modifica seu nome.

Em 2016, o idol revelou que sua mãe havia mudado seu nome de nascença sem a sua permissão na transmissão do Cultwo Show. Ela havia justificado o ato afirmando que Jongwoon lhe atrairia somente nuvens (devido ao seu significado em coreano), então mudara o mesmo para Jonghoon. Não se sabe se Yesung decidiu não realizar a mudança legalmente ou se, após isso, mudou o nome de volta, porém o artista permaneceu com o seu nome inicial.

Segundo a tradução em inglês disponibilizada por fãs, a nova mudança foi realizada seguindo o pedido de seus pais, que acreditavam que um novo nome lhe atrairia melhor sorte. Yesung não participou de sua escolha, mas desta vez, ele fez o procedimento legal pessoalmente. Na cultura ocidental essa ação de mudança súbita é estranha, mas no contexto coreano, isso é totalmente natural.

A mudança de nomes e o Saju

Para entender essa prática coreana, devemos iniciar como conceito do termo Saju. Saju p’alcha (ou de forma reduzida, saju) nomeia uma crença milenar de que a data de nascença pode determinar o destino da vida de cada um. É levado em consideração o dia, mês, ano e hora de nascimento, e o elemento natural correspondente à data (podendo ser fogo, terra, metal, água e madeira).

Os caracteres chineses, utilizados para dar origem aos nomes coreanos, também possuem ligação a um elemento natural. Dado que a crença relaciona o saju com o destino do indivíduo, a falta de equilíbrio dos elementos da data e do nome pode ser usada como justificativa para má sorte em sua vida.

Mudar o nome é visto como solução para problemas na vida amorosa e financeira, por exemplo: já está ficando velho e ainda não se casou? Está falido? Muita coisa está dando errado ao mesmo tempo? Muda de nome!

Anúncio

Engana-se quem pensa que a mudança vem de uma decisão súbita e individual. Primeiro, a pessoa costuma ir em busca de uma vidente ou um sacerdote xamã (conhecido como mudang, em coreano) para relatar os problemas que estão acontecendo. Na Coréia, é comum ter tendas de médiuns e videntes em diversos lugares, voltadas a consulta de saju. Ele então examinará o balanceamento dos elementos da data de nascença com o nome, e dirá como ele está afetando sua sorte.

Nos casos em que o nome seja julgado como causador de danos, a vidente sugerirá um novo nome, que equilibre melhor a energia. No caso de Yesung, seu nome antigo era ligado a nuvens, então lhe foi dado um novo nome, com partículas de significados mais ligados ao elemento fogo.

O palpite de mudança também pode vir para o nome de um cônjuge, ao se tratar de um problema matrimonial. Os dois parceiros, por exemplo, podem estar tendo dificuldades em sua vida conjunta porque o nome dos dois é ligado ao fogo, então necessita-se de uma mudança em uma parte, para neutralizar o elemento.

Os relatos de pessoas, após realizar a troca, trazem diferentes resultados. Alguns dizem que seus problemas cessaram por causa do novo nome, outros dizem que a mudança apenas lhe ajudou a se sentir mais confiante.

Tentando explicar as reações de forma científica, estudiosos recorrem para a sensualidade na sonoridade dos nomes coreanos, explicando que (em casos onde a troca seja motivada para encontrar um par romântico) um nome que emita um som mais atraente pode ajudar a encontrar um parceiro.

Sendo algo que faz parte da cultura coreana à milênios, a prática é uma conexão com os velhos costumes de um país que passou por muitas mudanças em um curto tempo. O caso do membro do Super Junior ocorreu de um dos modos mais comuns, no qual os pais procuram os videntes para a mudança. De toda forma, nem mesmo os xamãs acreditam que o nome será responsável por toda a mudança na vida, mas o creditam como uma ajuda.

Mesmo que no ocidente esse não seja um ato comum, devemos buscar compreender e respeitar as crenças do país. O próprio Yesung, ao anunciar o ocorrido, pediu para que as fãs lhe chamassem por Kim Kanghoon quando resolvessem usar seu nome real. Agora, só resta às Clouds o papel de notificar a todos sobre essa mudança, seguindo o desejo do idol.

Será que os membros do Super Junior já se ligaram que agora existe um Kanghoon em seu grupo?

Anúncio