Aparentemente, o acordo Disney-Sony sobre os direitos dos filmes do Homem-Aranha nos cinemas está na corda bamba. Segundo o site Deadline, a Disney quer mudar os termos do acordo original, no qual só recebe 5% dos lucros dos filmes no dia de estreia e o valor de merchandising.

Depois do grande sucesso dos últimos dois filmes, produzidos por Kevin Feige, da Sony em parceria com a Marvel, Homem-Aranha: Longe de Casa arrecadou mais de US$ $1.1 bilhão de dólares, ultrapassando a maior bilheteria da Sony, James Bond Skyfall. Talvez por conta do sucesso do filme do teioso a Sony não está tão assim preocupada com a renovação desse acordo

Fontes do site Deadline disseram que a Sony quer mais dois filmes do Cabeça de Teia com o diretor Jon Watts e com Tom Holland, mas nenhum dos dois têm um contrato fechado para novas produções.

Nos novos termos apresentados, a Disney entraria com metade do valor do financiamento na produção dos próximos filmes (no qual não fez parte dos dois últimos filmes), mas os lucros também deveriam ser divididos igualmente entre os estúdios.

Kevin Feige, fã do quadrinhos da Marvel e do Homem-Aranha, esperava que a Disney e a Sony desenvolvessem um bom relacionamento, de modo que a Marvel pudesse ter acesso aos personagens relacionados com o Universo do Homem-Aranha, o que enquadra cerca de 900 personagens sob os direitos da Sony, incluindo o anti-herói Venom. Ao que parece, a Sony não ficou nada animada em dividir seus personagens ou seus lucros, tanto que não apresentou uma contra-proposta, reafirmando que quer manter os termos do acordo original. Ainda temos esperanças que esse Universo compartilhado continue, já que, apesar do impasse, nenhum dos dois lados desistiu das negociações ainda.

Mesmo não tendo uma resposta definitiva, a Sony Studios já está vendo um pouco das consequências da briga com a Disney. Ao longo do dia, depois da notícia do fim do acordo, as ações da Sony oscilaram. Apesar de não terem sido valores significativos para um estúdio grande, isso mostra que muitas pessoas não estão satisfeitas com as mudanças e como essa insatisfação já está afetando o estúdio.

Adam B. Vary, repórter do Buzzfeed, falou sobre a notícia no Twitter, confira:

“Eu confirmei [com a fonte o Deadline] que a Sony e a Marvel Studios não entraram em acordo sobre a franquia do Homem-Aranha, o que significa que o Tom Holland não irá aparecer nos próximos filmes do Universo Marvel.

Rápida atualização: Eu confirmei [com a fonte do Deadline] que as negociações sobre o destino do Tom Holland como Homem-Aranha no Universo Marvel dos cinemas continuam. Maaas o fato da notícia ter vindo a público não é um bom sinal.”

Nem a Sony, nem a Disney apresentaram uma nota oficial sobre o acordo, então não sabemos ainda o destino do teioso nos cinemas, alguns sites afirmam que o acordo já foi fechado e outros que ainda estão em negociações.