Anúncio

Primeiramente, este artigo não se trata de explicações sobre a doença ou como está sendo tratada a pandemia no Japão. São apenas alguns fatos relacionados ao novo coronavírus (COVID-19) no Japão.

Como a terra do sol nascente é um país bem diferente, coisas diferentes acontecem durante a pandemia. São curiosidades estranhas, engraçadas e diferentes. Recomenda-se lavar as mãos antes e depois de ler este artigo.

Kuaran, o Mascote da Quarentena

É claro que o Japão ia ter um mascote para a quarentena. Apesar de ter sido criado pelo Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar do Japão antes do surto de coronavírus, ele nunca foi tão popular quanto agora. Você geralmente o vê no aeroporto, especialmente perto dos pontos de entrada e saída. O Kuaran foi criado para promover o trabalho da Agência de Informação sobre Quarentenas e ainda viaja pelo mundo para alertar sobre a proibição de levar itens ilegais e perigosos para o Japão.

Shinjuku Awawa, o Mascote da Espuma de Sabão

O Shinjuku Awawa é uma espuma de sabão de Shinjuku que ajuda a divulgar a importância de se lavar as mãos para as crianças. Além disso, ele informa sobre práticas de higienização e manuseio de alimentos, já que ele foi criado pela Associação de Higienização de Alimentos de Shinjuku. Ele não foi criado para o Coronavírus, mas tem trabalhado bastante durante esse período.

Carimbo para Lavar as Mãos

Lançado em 2016, o Otetepon foi criado para ajudar a criar o hábito de lavar bem as mãos nas crianças. O produto consiste em um carimbo que é colocado na mão da criança e que só sai depois de cerca de 30 segundos lavando as mãos. Ele tem o desenho de um demônio-bactéria, faz cerca de 1.000 carimbadas e vem na cor rosa ou azul. Durante os últimos meses, o Otetepon tem sido muito vendido.

Usando a Internet e os Jogos para Lidar com o Distanciamento

Apesar do Japão utilizar muito a tecnologia para fazer as coisas no dia a dia, o trabalho não é uma delas. Isso quer dizer que você precisa participar de reuniões, mesmo que você seja totalmente dispensável e não vai poder falar nada. Porém, isso está mudando nesse momento já que muitas empresas estão deixando seus empregados trabalharem remotamente. O país está tentando se adaptar a este novo método bem incomum no Japão, mas já se vê os benefícios , como de diminuir o risco de contaminação pelo vírus. Além disso, as pessoas estão vendo outras vantagens, como não precisar se estressar com o transporte, ter mais tempo para fazer outras coisas, mais facilidade de se concentrar no trabalho, não precisar ter conversas inúteis com os colegas de trabalho, ter mais tempo com a família e ter mais energia física/mental.

A Prática do Onnomi

O Onnomi (??= ONline???= Beber) nada mais é do que beber online com os amigos por causa do distanciamento social. Você não precisa sair de casa, é só juntar os amigos online em vídeo, pegar uma bebida alcoólica e fingir que está em um izakaya (bar estilo japonês).

Olimpíadas Adiadas para 2021

As Olimpíadas e Paraolimpíadas de 2020 foram adiadas por causa do coronavírus para 2021. Essa foi a primeira vez na história que os jogos são adiados fora da guerra. As Olimpíadas já foram canceladas em 1916, 1940 e 1944 por causa das guerras mundiais, sendo que em 1940 a cidade anfitriã também era Tóquio. O Revezamento da Tocha chegou a ser iniciado, mas foi cancelado, e está atualmente no Japão e já representa um forte símbolo de uma luz no final do túnel após a pandemia. As Olimpíadas vão ocorrer de 23 de julho a 8 de agosto, e as Paraolimpíadas serão de 24 de agosto a 5 de setembro de 2021.

Invasão de Veados na Cidade de Nara

Com a diminuição não só de turistas por conta do Coronavírus no Japão, mas também de visitantes japoneses ao Parque de Nara, os veados, que são considerados sagrados no local e estavam acostumados a receber os shika senbei (biscoitos de arroz) das pessoas, agora se veem sem essa “ajuda”. Em março, começou a circular fotos dos veados invadindo a cidade atrás de comida, incluindo flagras de animais comendo as plantas e flores dos jardins e praças de Nara. Mas os veados não estão passando fome, a própria Fundação de Preservação dos Veados de Nara informou que os animais estão acostumados a ir atrás da própria comida e os biscoitos são basicamente lanches entre suas verdadeiras refeições. Eles estão acostumados com as pessoas e são muito calmos, mas ainda são animais selvagens que não recebem cuidados ou são presos em qualquer horário, portanto, está tudo bem, eles provavelmente estão curtindo o parque mais vazio e o ambiente mais calmo.

PPAP

Você lembra do Pikotaro, o cantor do PPAP (I have a pen… I have an apple… UH! Apple-pen!) de 2016? Então, ele voltou para salvar todos da pandemia com a versão PPAP de 2020, onde ensina você a lavar as mãos enquanto você dança. Isso tem feito relativamente sucesso no Japão.

Arashi VS Lavar as Mãos

Não é só o Pikotaro que lançou a campanha de lavar as mãos durante a pandemia do novo Cornavírus no Japão. O famoso grupo Arashi também fez um clipe para ensinar como lavar as mãos. Isso chegou a ir para os Trending Topics do Twitter no Japão no dia do lançamento

Barreiras de Plástico

Japão, um país tecnológico, rico e criativo desenvolveu um sistema de última geração para a proteção pessoal contra o coronavírus, chamado plástico. São lonas de plástico que separam o cliente do atendente, uma forma inteligente e prática de evitar o contato entre as pessoas pelo ar.

Aglomeração X Máscara

Uma verdadeira Corrida Maluca aconteceu recentemente em uma Cotsco (grande franquia de grandes mercados) no Japão, onde os japoneses sempre contidos e educados simplesmente viraram selvagens em uma aglomeração (nada) saudável para conseguir comprar sua caixa de máscara para se prevenir do coronavírus.

Um País de Papelão

Como um bom consumidor de produtos feitos de papel, o Japão está usando muito o papelão para ajudar durante a pandemia. No Aeroporto Internacional de Narita, estão utilizando camas de papelão para acomodar os passageiros que precisam ficar de quarentena, mas não tem um hotel. Também estão usando o papelão para fazer estações de trabalho para atender a população em prédios públicos e outros lugares. Além disso, a rede de televisão NHK está usando o papelão de forma criativa nos programas de entrevista com a foto dos convidados impressa neles enquanto o apresentador fala com o convidado pelo telefone.

Imagem de Capa via Business Insider.