Anúncio

O grupo coreano KARD estará se apresentando no Brasil entre os dias 20 e 24 de julho como parte da turnê 2022 WILD KARD IN BRAZIL. Composto por BM, J.Seph, Somin e Jiwoo, o time de artistas está voltando à ativa após uma pausa de aproximadamente dois anos causada pelo período de serviço militar obrigatório de um dos membros.

O quarteto possui fortes laços com os fãs brasileiros, já tendo vindo ao país em 2017, 2018 e 2019 para eventos nas regiões Nordeste, Sul e Sudeste. Na sua quarta turnê brasileira, o Rio de Janeiro e Brasília estarão recebendo o KARD para sessões de autógrafos nos dois primeiros dias; após isso, o grupo seguirá para as cidades de São Paulo e Curitiba para a realização de shows.

Em seu sexto ano de carreira (sétimo, se contadas as atividades pré-debut), o KARD passou por muitos momentos que merecem destaque. Mas, com as datas das apresentações se aproximando, é preciso escolher alguns momentos chaves para se conhecer (ou apenas relembrar) o percurso na indústria do grupo misto que conquistou corações por todo o mundo. Então, selecionamos 4 momentos essenciais na carreira do KARD para te preparar para encontrá-los pessoalmente.

1 – Oh Nana: a pré-estréia

Na história do K-pop, se tem poucos exemplos de grupos de composição mista, com homens e mulheres. Como o exemplo mais popular, o Coed School explorou esse conceito em sua carreira nos anos de 2010 a 2013, e após isso, seguiu com subgrupos divididos por gênero, o girlgroup F-ve Dolls e o boygroup Speed.

Três anos depois, então, o público foi surpreendido com o anúncio feito pela DSP Media de que estrearia um grupo misto, sendo após revelada a composição por dois homens e duas mulheres. Somin, J.Seph, BM e Jiwoo tiveram seus trailers solos lançados e três músicas pré-debut em grupo – sendo a primeira Oh NaNa.

Anúncio

Seja pela formação inesperada, a melodia animada ou a coreografia envolvente, a música de início do KARD alcançou um grande sucesso na Coréia e no exterior. Fãs por todo o mundo manifestaram o seu interesse pelo novo grupo nas mais diversas formas: streaming, interações em redes sociais, covers de dança, vídeos de reações.

Oh NaNa e as duas músicas lançadas nos meses seguintes, Don’t Recall e Rumor, alcançaram níveis tão altos (tanto em qualidade como em números), que até mesmo podemos esquecer que o KARD não havia nem ao menos debutado ainda.

2- Hola Hola, o debut oficial

A estreia oficial do KARD veio ao público carregado de vibrações de verão. Lançado em julho (mês de verão na Coréia do Sul), a música alegre, acompanhada de um clipe com cenas na praia, também conquistou o coração dos fãs.

A faixa não falha em representar características que destacam o KARD dentre outros grupos. A presença de palco, a naturalidade e espontaneidade dos membros e a liberdade. Em uma indústria extremamente regrada, a leveza do quarteto foi como uma brisa de ar fresco.

3 – Gunshot e conceitos mais maduros

Gunshot foi o single principal do álbum Way With Words, lançado no segundo semestre de 2020. Em entrevista à Teen Vogue, os integrantes do KARD explicaram o conceito do clipe da musica. O MV (sigla para Music Video – vídeo musical) trata sobre comentários de ódio online e cyberbullying; “Há muitas maneiras pelas quais o abuso verbal pode acontecer”, diz BM (sigla para Big Matthew, em referência ao seu nome real). “Pode acontecer digitalmente, pode acontecer pessoalmente, na vida real. Todo o álbum Way With Words discute como as palavras são importantes nos dias de hoje.”

Neste lançamento, o quarteto foi capaz de apresentar um lado mais maduro, sendo capaz de tratar temáticas sérias e sensíveis em suas músicas.

4 – Ring The Alarm e o retorno do KARD

A música lançada há três semanas atrás marca o retorno do KARD como quarteto, ao que J.Seph finalizou suas obrigações militarias, mandatórias para homens nascidos na Coréia do Sul. A última atividade em conjunto do grupo havia acontecido em 2020, tornando então o momento ainda mais especial para os fãs.

A música dançante, no momento, conta com mais de 30 milhões de visualizações em seu clipe oficial. A união de belos visuais, boas músicas e coreografias de chamar atenção sempre esteve presente nos lançamentos do KARD, e Ring The Alarm não foi uma exceção. A faixa pode ser considerada um retorno digno, para um grupo único no cenário atual do K-pop.

Bônus:

As visitas do KARD ao Brasil sempre rendem momentos icônicos, mas a apresentação de Pesadão, da cantora brasileira IZA, pode ser considerada uma das mais memoráveis. Com direito à coreografia e pronúncia excelente de português, o grupo deixou uma forte impressão no público em sua terceira turnê no país. Será que o grupo se arriscará no português novamente em 2022?

Com ou sem português, os fãs – ou Hidden Kard, o seu nome oficial – estão prontos para criar mais um momento lendário com o quarteto.

Os ingressos para os eventos em todas as localidades podem ser adquiridos no site da Highway Star. Verifique informações e realize a compra no link a seguir:

KARD – BRASIL

2022 WILD KARD IN BRAZIL: confira todas as informações

Anúncio