Anúncio

O game clássico de 1996 retorna em comemoração do seus quase 20 anos de franquia. Ainda não imaginamos o que a Capcom pretende no ano que vem – e se realmente pretende – mas já vai preparando o coração para surpresas. Falando em coração, o seu deve estar trabalhando bem para encarar novamente o primeiro clássico de Resident Evil.

Foi uma surpresa o remake ter saído para o Game Cube – e na época, exclusivo – até mesmo mais que o segundo capítulo ter saído para Nintendo 64. E mais de 10 anos depois, a galera queria uma versão 1080p e a Capcom cumpriu com esta belezura!

Horripilantemente Nostálgico

Você pode ter jogado dezenas de vezes a primeira versão do game, mas com esta belezura aqui, você não sentirá mais “em casa”. A não ser que você já tenha curtido um pouco o remake no Game Cube, aí sim, as coisas melhoram. Então se você vem lá do Playstation para essa: Além de um tratamento visual mais polido, assombroso e até mais assustador, novas áreas foram criadas – êta floresta horripilante – e a ordem de exploração mudou, assim como a maioria dos enigmas.

Quanto a história, vamos dar uma resumida aqui: Raccon City está sendo assombrada há anos pela história de que uma mansão nos subúrbios da cidade, abriga uma organização e que anda fazendo experimentos biológicos. É aí que você – Como Jill Valentine ou Chris Redfield – é enviado junto ao Esquadrão de Resgate e Táticas Especiais (STARS), composto de dois times: Alpha e Bravo. O último, acaba desaparecido – o que culmina nos acontecimentos de Resident Evil 0 – e você, junto ao Alpha, começa sua missão dentro da mansão.

Geração Sem Autosave

Com toda certeza, Resident Evil é um jogo para poucos. Se você está acostumado com a atual indústria dos games, pode sentir muita frustração durante o jogo, como não conseguir salvar, não conseguir atirar e andar ao mesmo tempo ou pelo simples fato de ficar correndo de um lado para o outro como uma barata tonta, sem saber o que fazer.

Apesar dos mapas estarem mais refinados e dinâmicos, se o jogador não prestar atenção nos detalhes de cada sala, com toda certeza vai ficar travado e o replay do game pode cair drasticamente, ou seja, pense muito bem em jogar numa dificuldade mais difícil, principalmente se você nunca jogou o game.

REcomendação

A transposição para o 1080p até que funcionou bem, a não ser pelo embaçamento de diversas texturas. Talvez este seja o ÚNICO defeito do jogo. Se você é dasantigas, uma dica: Tem diversas opções de controles. Mas né, nada como jogar do jeito “original”.

Se recomendamos o jogo, nem há o que falar não é? Se você NUNCA jogou ou só jogou a partir do 4, preste bem atenção: Não é um jogo de Ação e sim de Exploração. Enigmas, sustos, trilha sonora é o que dá todo o clima de tensão do jogo. Zumbis… ah sim, estes, sinceramente… são os coadjuvantes desta história 😛