Uma das vozes mais maravilhosas do Japão nasceu em Kumamoto, em julho de 1990, completando 28 anos em 2018.

Aimer começou no mundo da música muito nova, tendo influência direta de seus pais que sempre a envolveram nisso. Na escola aprendeu a tocar piano e guitarra, o que a ajudou em suas primeiras composições. Além de ter uma voz maravilhosa e saber tocar dois instrumentos, também tem domínio na língua inglesa, que faz parte de algumas de suas músicas.

Algo que torna a cantora tão especial é pelo fato dela ter superado uma dificuldade que teve em sua adolescência. Aos 15 anos a cantora sofreu um acidente que a fez perder a voz. Mas seu amor pela música era tão forte que conseguiu falar e cantar novamente. E sua voz levemente rouca se deve a isso. Inclusive, a cantora já disse que começou a cantar muito melhor depois do acidente, e ama sua voz rouca.

Aimer Best Selection
As capas de Best Selection de Aimer, sendo Blanc e Noir – ambos disponíveis no Spotify (Capa Divulgação)

Como é a pronúncia de “Aimer”? 

Quase ninguém sabe o nome real da japonesa, e vários fãs ficam criando teorias sobre seu nome de nascimento. Quanto ao seu nome de palco, Aimer, não é pronunciado como se lê. Influenciado pela palavra “Je t’aime” (“eu te amo” em francês), Aimer é pronunciado como “Eme”, assim como a palavra francesa.

A cantora iniciou sua carreia em 2011 com uma mistura de pop e rock e está até hoje fazendo sucesso. Seu primeiro álbum de estúdio foi lançado em 2012, chamado Sleepless Nights, contando com 13 faixas no total. Mas seus álbuns mais famosos são Best Selection “Blanc” e Best Selection “Noir”, que foram lançados em 2017. Ambos possuem 14 faixas no total.

Inclusive, minha música favorita da Aimer (se tiver como escolher uma, porque são todas incríveis) se encontra no álbum Best Selection “Noir”. A última faixa desse disco, “Zero”, é maravilhosa de todas as formas, e consegue agradar qualquer um.

Parcerias de peso

Aimer já fez várias parcerias em sua carreira, e dentre todas, podemos citar nomes como Taka do One Ok Rock na música “Falling Alone”, Yojiro Noda do Radwimps na música “Chouchou Musubi” e claro, Hiroyuki Sawano em várias músicas, sendo uma delas “S-ave”.Mas muitos conhecem a cantora pelos seus trabalhos com os animes. Aimer já fez músicas para diversos animes famosos, sempre com uma qualidade maravilhosa.

Dessa lista de animes podemos citar: No.6, onde fez a música de encerramento “Rokutosei no Yoru” e Bleach, onde também fez a música de encerramento (mais precisamente a de número 29) “Re:pray”.

Na parte das aberturas, Aimer cantou a segunda abertura de Fate/Stay Night Unlimited Blade Works “Brave Shine”. Aimer ainda faz sucesso nos animes, já que um lançamento recente, Koi Wa Ameagari no You ni, utilizou sua música “Ref:rain” como encerramento. Além desses nomes, Aimer já trabalhou em Gundam, Zankyou no Terror e muitos outros.

Sem dúvidas a cantora é muito talentosa, e conta com diversas músicas incríveis, então se ficou interessado, dê uma chance para Aimer que ela acabará te conquistando.