Enquanto as grandes premiações do Oscar triunfa os filmes da temporada, o Brasil inicia seu ano com filmes para toda a família, O Melhor Verão das Nossas Vidas é aquele padrão teen que diverte a todos que já viveram férias malucas, pais protetores e muita música para os fãs de BFF Girls, na presença Mauricio Meirelles e companhia, mais uma produção te conquistará pela simpatia do elenco e de uma história bonita.

O que pode atrapalhar a empolgação nesse filme é a fórmula já conhecida, por não conseguir grande inovação no gênero teen, o jeito é focar na mesmice, logo alguém mais velho pode não se impressionar, colocando-o em um nível mais infanto-juvenil, porém isso favorece muito o filme, pois ele diverte todo mundo, por ser uma história bem simples e até um pouco repetida, já se sabe o que esperar em plots ou cenas de tensão, mas não diminui o impacto positivo da obra, o nível teen consegue entreter com várias músicas e um nível de humor que não extrapola e nem se mantém no sátiro, Maurício Meirelles não é o principal alívio cômico, mas por ser um nome popularmente conhecido, rouba a cena de vez em quando.

O elenco é algo que se mostrou o mais forte no filme, cada uma das BFF Girls tinha uma personalidade destoante, mas se mantendo nos padrões teen, Giulia é a descolada, aquela que gera os planos mirabolantes e é quem tem a ideia para ir até o festival, independente do que aconteça, e por mais que a ideia seja dela, as outras embarcam junto, Laura não é só a simpática, é a companheira, aquela que consegue fazer amizades fácil e a confiança dos próximos, e principalmente de suas amigas de quem ela cuida, mas não mais que Bia, ela sim é a super-protetora e cuidadosa com cada detalhe para que a banda cresça cada vez mais, tudo isso mantém um nível alegre e divertido do início ao fim, elas foram brilhantes em cena, mas um dos personagens secundários seja mais abraçado pelo público do que as BFF Girls.

Julio (Enrico Lima) vive momentos onde o próprio não sabe o que quer, pois de início se mostra apaixonado pela Helô (Giovana Chaves) e nessas férias conhece uma nova garota, Carol (Bela Fernandes), sem falar da insegurança que o personagem apresenta, a qual cresce com pais ausentes, acha que não pode tirar algo profundo de filmes teen? Pense de novo.

Essa história paralela trouxe um toque novelesco que conseguiu enriquecer o filme, uma história paralela que conseguiu dar importância a tantos personagens interessantes que poderiam ser jogados de forma avulsa, e graças ao diretor Adolpho Knaught não aconteceu, a mão dele foi firme com o roteiro de Cadu Pereiva e entregou um belo filme.

Entretanto o mesmo se é questionado no final, por mais que seja um filme teen, não há necessidade de rasgar o roteiro, no final do filme, personagens como Helô muda totalmente de personalidade e as coisas acontecem com um passe de mágica, te tira do filme por completo, pois todos os conflitos foram perfeitos, trabalhados bem, uma trama desenvolvida de forma impecável, e no fim chutam o balde, talvez tenha sido gavado porém perdido na edição, nunca saberemos, o problema é que isso atrapalha um pouco a experiência, mas não condena o conjunto da obra.

O Melhor Verão de Nossas Vidas é o filme nacional do mês, vai te conquistar pela diversão e pelo carisma e fofura das BFF Girls, músicas que só fortalecem a qualidade da obra e uma aventura emocionante rumo ao Festival de Verão, onde elas viverão o melhor verão de suas vidas, um filme para todas as idades para fazer o fim de semana de todo mundo mais feliz com toda maravilha e felicidade desse filme.