Após o maior acontecimento de toda a humanidade dentro do aclamado MCU, restou para os seres humanos seguir a vida normalmente como se nada tivesse acontecido, mas já pensou você é desintegrado no estalar de dedos de Thanos e, ao voltar,  seu irmão que era mais novo fica mais velho que você?

O amigo da vizinhança está de volta, e com um enorme fardo a carregar: esse apelido não lhe vale mais em Homem-Aranha: Longe de Casa, onde precisa fazer aquilo que o cabeça de teia mais sabe fazer – tentar curtir sua vida de adolescente enquanto a Terra sofre alguma ameaça.

Uma das melhores adaptações do Teioso

Mais clichê que o filme, só o próprio HQ do homem aranha, o filme é uma das melhores adaptações para o cinema já feita nessa moda de filmes de heróis, facilmente ultrapassa qualquer filme da DC Comics, filmes da Marvel, seja do MCU ou não, ou de qualquer outra editora não citada, de piadas a dramas dentro do arco do cabeça de teia, esse filme consegue ser nostálgico ao lembrar de HQs já lidas e desenhos animados já assistidos, um deleite para qualquer leitor de quadrinho e mais um filme incrível para quem desconhece as HQs, Homem-Aranha: Longe de Casa chega a ser obrigatoriedade para qualquer amante do herói adolescente que nos cativa em qualquer adaptação que exista.

O clichê está no fato de que é um filme de herói, então não há surpresas, plots de explodir a cabeça ou tramas de ficar tenso, pois é a velha forma de sempre, já conhecida em incontáveis filmes, não é difícil comparar um como outro, e quase impossível não comparar. Não deixando de esquecer que estamos falando de um filme Marvel, ou seja, mais uma vez o marketing entregou coisas de mais para vender o filme, e após as cenas extras de Vingadores: Ultimato já terem sido divulgadas em vários portais, o foco principal será o filme do Homem-Aranha, não só por causa da continuação do MCU, mas porque ele é um filme três mil vezes melhor que o vingadores 4.

 

E o SHIP?

Antes fosse um filme impecável, deve-se destacar uma coisa importante no MCU, nenhum casal que eles jogaram na trama funcionou, podem citar Rodgers e Carter, Stark e Potts e até aquela esquisitice de Natasha e Banner, definitivamente a Marvel não sabe fazer casal, entrega de qualquer jeito para a massa “shippar” cegamente, e aqui podemos rotular de ser um dos casais mais estranhos e sem química que poderia existir da Marvel, e a maior surpresa é que esse casal estava óbvio demais, Michele Jane e Peter Parker do MCU é o casal mais mal feito de todos os filmes do Homem Aranha e do MCU.

Podem ser críticos aos filmes do Tobey Maguire, mas ele funcionou com a Kirsten Dunst, por mais sem sal que ela seja como atriz, você consegue se sensibilizar por eles, muito melhor trabalhado e apresentado do que esses dois, Tom Holland é supervalorizado por ser o homem aranha e ser o melhor como Peter Parker até hoje, mas não é um grande ator, já a MJ, interpretada por Zendaya é completamente apagada e sem um pingo de carisma; isso não envolve emponderamento feminino ou algo do tipo, coisa a qual ela também não passa, a atriz pode crescer na carreira e ser aclamada por todos, mas hoje é a pior coisa já feita para os filmes do homem-aranha, e nesse têm um agravante que faz todos os secundários desaparecerem, e esse mistério é fácil de desvendar.

homem aranha longe de casa

Quem rouba a cena?

Jake Gyllenhaal rouba a cena da mesma forma que Michael Keaton faz no primeiro filme, um vilão que mostra ser ameaçador e coloca o homem aranha no chão, a ponto de elevar seu limite de seus poderes entre sentido aranha e lança teia, porém Peter Parker ainda é só um adolescente, então nosso querido Quentin Beck, o Mysterio, não precisou de muito para vencer o cabeça de teia, aliás nem suou direito, ele se mostrou um vilão perfeito na trama, claramente vencido, pois o filme não leva o nome dele, porém em uma das cenas pós crédito ele faz um dos maiores desejos dos vilões para atingir o herói, uma carta na manga já conhecida por quem conhece universo de heróis. Esse spoiler você não terá, vá assistir o filme e descubra por si só.

Homem-Aranha: Longe de Casa era rotulado como a cena pós crédito do MCU, mas ele passa longe disso, pois trás algumas questões pós-vingadores ultimato e risca de leve o que está por vir nos próximos arcos do MCU, os próximos que agregarão a esse universo serão o filme solo da Viúva Negra, Doutor Estranho 2 e Guardiões da Galáxia 3, sendo que o casting de Os Eternos já está sendo montado, o roteiro do Capitã Marvel 2 sendo escrito e até rumores de Keanu Reeves como o Cavaleiro da Lua, Namour ou qualquer outro personagem, o que importa é que existe a negociação com o ator, a questão é que a segunda cena pós crédito te joga uma certa pista do próximo arco, agora só resta uma coisa, no meu caso reler os quadrinhos para relembrar esses arcos, aos que odeiam ler quadrinhos, esperem e agonizem com a curiosidade.

homem aranha longe de casa

Um dos filmes mais divertidos do ano! 

Muito feliz de ser agraciado com essa maravilha dos quadrinhos, de coisas novas a pontos nostálgicos, Homem-Aranha: Longe de Casa é de longe um dos melhores filmes do MCU ao lado de Pantera Negra e Guardiões da Galáxia, onde funciona para qualquer um que tenha, ou não, acompanhado o MCU, te diverte e te prende com o amigo da vizinhança, e te faz desejar por mais aventuras do cabeça de teia dentro das telonas, seja estando na mão da Disney ou na Sony.