Entenda o que está acontecendo no Blackswan

Leia Blackswan
Imagem Divulgação
Anúncio

Debutando com uma proposta inovadora em outubro de 2020, o girlgroup Blackswan conta com quatro integrantes, sendo duas delas sul-coreanas, e duas estrangeiras, Fatou com nacionalidade senegalesa, e Leia, com pai japonês e mãe brasileira.

A estreia com o single Tonight foi um sucesso, mas desde sua estreia o Blackswan foi cercado de polêmicas. Desde a saída de uma quinta integrante, até uma chuva de hate devido as idols não coreanas, o grupo feminino se manteve na ativa. No entanto, durante a tarde de sexta-feira (12), uma fã page da cantora brasileira Leia veio a público alegando ter sido contatada para contar sobre situações de bullying que a integrante vem enfrentando pela membro também estrangeira, Fatou.

Ao ser exposta essa situação, os fãs se questionaram sobre a veracidade da acusação, visto que a página postou alguns prints contendo diversos erros de português vindo da pessoa que relatou os supostos ataques.

Anúncio

Até o momento, ninguém se pronunciou oficialmente, porém Leia curtiu alguns tweets sobre o assunto, inclusive um que rebatia a atitude de julgar erros de gramática visto que no Brasil nem todos tem acesso a educação de qualidade. Isso fez com que grande parte dos acompanhantes da discussão passarem a acreditar na fanpage.

É importante ressaltar que o relato não é oficial, e até o momento não foi apresentado provas sobre as atitudes de Fatou. O nome das garotas está em alta no Twitter desde os posts, onde não apenas os fãs mas diversos acompanhantes do gênero pedem um esclarecimento das idols sobre a polêmica.

Nos resta aguardar novas informações, e não enviar nenhuma mensagem de ódio para qualquer envolvido até que a história seja esclarecida.

Anúncio