Anúncio

Não tem como negar que o Halloween está se tornando cada vez mais popular no mundo todo, e isso também se aplica ao Japão.

Até pouco tempo, os japoneses mal sabiam da existência da data, mas hoje em dia o Halloween é tema de episódios de anime e uma das datas mais aguardadas do ano. Mas como o Halloween se tornou popular tão rápido no país?

Origem do Halloween no Japão

Pouco conhecido, o Halloween só era visto em programas de TV estrangeiros ou por quem estava estudando inglês. Mas em 1997, a Tokyo Disneyland teve uma ideia de fazer o Desfile de Luzes de Halloween para atrair mais visitantes no outono. O evento foi um sucesso e a festa só cresceu desde então, tornando-se tão popular até virar um grande evento anual de outono.

Embarcando na ideia da Tokyo Disneyland, a Universal Studios Japan criou o Hollywood Halloween em 2002, ajudando a fortalecer a data em outubro. Hoje em dia, o Halloween é celebrado em outros parques temáticos, até mesmo na Sanrio Puroland, o parque temático da Hello Kitty.

Uma desculpa para fazer cosplay

No Japão, o mais importante do Halloween é poder se fantasiar e desfilar pelas ruas e festas. Como o Japão é a terra do cosplay e das modas alternativas, não é difícil entender porque a data fez tanto sucesso. Se a Páscoa incluísse se fantasiar em suas tradições, o Japão com certeza passaria a comemorar a data.

Um Halloween à moda japonesa

Basicamente, o Halloween japonês é uma celebração divertida, sem apego cultural e muito voltada para o comércio, assim como o natal. É uma época em que surgem diversos itens com o tema, indo desde cafés e parques temáticos decorados, até menus especiais, itens especiais de kobini e coleções exclusivas de personagens de anime.

A data é mais fofa e divertida do que assustadora, já que a época das histórias de fantasmas fica com o Obon, um dos maiores festivais do Japão e que homenageia os espíritos dos ancestrais.

Halloween em Shibuya

A maior festa de Halloween do Japão ocorre em Shibuya, Tóquio, atraindo mais de 1 milhão de pessoas. A festa em si consiste em muita gente andando de cosplay pelas ruas do bairro, principalmente na área do cruzamento, onde fica a estação de trem. Fora isso, não tem nenhuma música e o trânsito não é interrompido por causa do evento.

O segundo ponto mais importante da festa depois do cosplay é a bebida. Era fácil ver as pessoas bêbadas durante o evento até 2018, quando a venda de bebidas alcoólicas foi proibida durante a festa. A decisão foi tomada depois do tumulto causado em 2018, quando um carro foi tombado na rua e houve um pequeno incêndio em um restaurante.

Crimes ou gostosuras?

O costume de “Gostosuras ou Travessuras” é difícil de encontrar no Japão, geralmente isso acontece durante o dia perto de centros comerciais ou shoppings. E, estranhamente, também na base do Yamaguchi-gumi, um dos maiores clãs da Yakuza do Japão.

A organização criminosa dava doces às crianças na sua base em Kobe desde 2013, acenando para as crianças adentrarem os portões e o seu complexo falando “Feliz Halloween!” e “Entrem e peguem seus doces!”.

Agora as crianças vão ter que arranjar doces em outro lugar, já que o Yamaguchi-gumi não pode mais dar doces depois que a prefeitura de Hyogo decidiu que agora é ilegal organizações criminosas darem presentes a menores, convidá-los para entrar na sua propriedade ou conversar com eles.

Halloween Online

Devido à pandemia, muitas festas de Halloween foram canceladas, mas ainda é possível celebrar a data online, com alugmas lives de shows e eventos para participar, como o TW Live House Halloween Special, o Kawasaki Halloween e o Virtual Shibuya Halloween.

Leia também: 3 Mangás para você ler no Dia das Bruxas