Um garoto chamado Stevie vive sua passagem da criança para a adolescência, com grandes aventuras que um garoto de treze anos pode passar: bullying do irmão mais velho, transar pela primeira vez, fumar e beber para tentar ser legal dentro de um grupo de amigos, comprar um skate e vibrar com a primeira manobra que fizer, rir de cada machucado ou fratura que tiver, brigar com sua mãe por achar que você se tornou um delinquente, drogado e bêbado que vive na rua, além de muitos outros erros e besteiras que hoje você só ri e deseja por tempos tão simples quanto essa passagem, pois bem, bem vindos aos Anos 90.

13 anos

A história foca apenas o garoto de treze anos e nada mais, mantendo o desenvolvimento da trama do início ao fim paralelo ao aprendizado do personagem dentro dela, mas por ser algo bem simples e até sem sal, o ponto que chama atenção é logicamente a época que se passa o filme, se você viveu os anos noventa, seja lá qual for sua história, esse filme será um grande saudosismo de bons tempos e lembranças das grandes escolhas erradas que você fez em sua vida.

Parecer o bacana porque você beijou uma menina antes de todo mundo, o porque de você ir com o maço de cigarros na escola, se achar o maioral porque deu um gole em uma cerveja, ou algo do tipo, não fique impressionado com menores de idade bebendo e fumando, o filme não têm medo de mostrar isso porque os anos noventa foram isso, pode ser um roteiro de filme de qualquer um, mesmo para você que nunca bebeu ou fumou na sua vida, basta refletir: como você ficou quando deu o primeiro beijo, e as meninas como ficaram quando transaram pela primeira vez? Menores se achando os maiorais por fazer coisas de adulto? Típico anos noventa.

Chega a bater até uma tristeza pelos momentos ruins e uma alegria pela vivência desses momentos, claro que Anos 90 mostra a cidade de Los Angeles, a era dos vídeos de skates e os “jovens invencíveis”, se bem que isso existe hoje, adolescente acha que é imortal e sabe tudo, mas vai culpar eles? Você também foi um dia.

Anos 90

Vivência e Amizades

A relação de amizade com o garoto Stevie é algo a se levar não só para quem viveu os anos noventa, mas para quem vive hoje em dia, mesmo já sendo um adulto, alguns escorrerão uma lágrima com tudo que foi vivido na passagem da infância para adolescência, isso sem esquecer do filme, pois está totalmente ligado, você consegue ligar qualquer personagem presente em tela a algum amigo seu, e até pode se comparar com algum deles também.

Anos 90 quis trabalhar exatamente isso, um saudosismo para aqueles que viveram essa época, e por mais simples sua história, pode prender à nova geração e, dependendo de como você interpreta filmes, ligar com a sua própria adolescência pode acontecer, mas vivida em uma época diferente, resumindo, esse filme é uma experiência bem comum em cinema, mas bate mais forte o sentimento por quem viveu e vive o pontapé inicial da adolescência, mas para a terceira idade vai ser um dos filmes mais chatos a serem assistidos, principalmente porque a década de noventa foi algo muito errado para vida do jovem, mas vai falar isso para quem foi jovem nessa década, foram muitas besteiras feitas, e se voltassem no tempo, fariam de novo, pois eram jovens sabichões e imortais, ironicamente falando é claro.

Anos 90

Saudosismo Emocionante

Anos 90 é simples, pode até ser nada de mais para alguns, mas nem todo filme têm que ser épico, porém ele traz sentimentos enterrados de muitos que viveram o que chamam de a última grande e marcante década, para a Geração Millenials.

Esse é mais um filme de adolescente como outros, para os noventistas, é uma viagem no tempo com tantas referências, lembranças das besteiras feitas, talvez lágrimas saudosistas, mas um filme sensacional para fugir da realidade de pagar boletos, depressão e até ansiedades, os tempos onde ir para o fliperama era a maior preocupação.

REVIEW
Anos 90
Artigo anteriorNimoTV chega ao Brasil e foca no game mobile
Próximo artigoGame XP 2019 fecha parceria com Fortnite
Baraldi
Editor, escritor, gamer e cinéfilo, aquele que troca sombra e água fresca por Netflix e x-burger. De boísta total sobre filmes e quadrinhos, pois nerd que é nerd, não recusa filme ruim. Vida longa e próspera e que a força esteja com vocês.