Anúncio

No dia 18 de julho de 2019, às 10h30 da manhã (hora de Tóquio), um incêndio criminoso causado por um homem de 41 anos atingiu o estúdio da Kyoto Animation (KyoAni) em Uji, causando mais de 30 mortes e cerca de 36 feridos. Diante desta terrível notícia, resolvi escrever um pequeno especial sobre este estúdio que tanto preza pelos seus talentosos animadores.

Saiba mais sobre o incêndio: Kyoto Animation | Incêndio criminoso deixa 33 mortos no Japão

Fundado em 1981 por Hideaki e Yoko Hatta, o estúdio se diferencia dos outros por empregar animadores próprios e não trabalhar com freelancers, como é muito comum na indústria. Como seus animadores recebem um salário e não trabalham horas extras, eles podem se concentrar na qualidade do projeto e não no tempo de produção. Por conta disso, o estúdio ficou bem famoso por entregar animações de qualidade.

Dentre os as obras famosas produzidos pelo estúdio, estão Full Metal Panic (2003), Suzumiya Haruhi no Yuutsu (2006), Lucky Star (2007), Clannad (2008), K-On! (2009), Hibike! Euphonium (2013), Free! (2013), A Voz do Silêncio (2016) e Violet Evergarden (2015/2018). Vale destacar Koe no Katachi, que ganhou diversos prêmios e foi nomeado para muitos outros, inclusive levando para casa o prêmio do Japan Movie Critics Awards em 2017.

O estúdio começou produzindo partes de animações de outros estúdios, incluindo de animes como Evangelion, InuYasha e até mesmo dos Estúdios Ghibli. Graças à sua grande competência, qualidade e habilidade de seguir o cronograma, a KyoAni ganhou muito prestígio no meio da animação e finalmente deu sua virada em 2003, com uma produção feita inteiramente por ela, Full Metal Panic? Fumoffu!.

Logo em seguida, em 2005, o estúdio causou grande impacto adaptando Air diretamente de um jogo. Depois disso, o estúdio começou a lançar títulos de grande sucesso, como Suzumiya Haruhi no Yuutsu e Lucky Star, ganhando assim uma legião de fãs no mundo todo.

Em 2007, o estúdio chegou a lançar o KyoAniBon, uma revista online que teve 25 volumes e que mostrava entrevistas, os bastidores e potenciais novas animações.

Já em 2013, lançou Free! Iwatobi Swim Club e ganhou mais uma vez muita atenção do publico. Os sucessos continuaram com a série e outras animações como Kobayashi-san Chi no Maid Dragon e Hibike! Euphonium, até chegar na Netflix com o belíssimo Violet Evergarden.

O estúdio lançou recentemente o filme Free! -Road to the World- Dream, que ainda está em cartaz no Japão, e ainda vai lançar um filme de Violet Evergarden este ano, assim como mais um filme de Free! e outro de Violet Evergarden no ano que vem, enquanto 20 Seiki Denki Mokuroku ainda não tem data de lançamento.

A Kyoto Animation é um dos pouquíssimos estúdios de animação japonesa que resolveu apostar no talento dos animadores e trata-los com mais dignidade na indústria, provando que investir com o coração também funciona e pode ser financeiramente muito rentável.

Até o momento não se sabe qual será o destino do estúdio depois desta perda lastimável, mas muitos fãs e profissionais da indústria estão dando todo o seu apoio e prestando solidariedade. Esperamos que o estúdio possa se reerguer bem, que seus funcionários se recuperem rápido e que continuem provendo muitas mais belas animações.

Leia também: Melhores Animes da Kyoto Animation | Top Suco