Anúncio

Fala galera! À convite da Paramount Pictures do Brasil, estivemos numa sessão reservada para a imprensa e pudemos conferir 22 minutos do vindouro Transformers: O Último Cavaleiro, que estreia no Brasil em 20 de julho.

O que falar de Transformers?

Pode ser mais uma luta gigante de robôs? Mas por que as pessoas ainda vão assistir? Se compararmos todos os filmes, não vemos grandes mudanças. A verdade é que acaba ficando chato, ficando forçado – principalmente depois de descobrir que teremos Transformers até 2030 (VEJA AQUI). Mas por que as pessoas ainda pagam o ingresso para assistir? Eu te respondo.

Depois de 22 minutos assistidos do filme, com cenas picotas e que ainda não passaram pela pós-produção, ainda me deixa louco – no bom sentido. O jogo de imagens, a mistura de tecnologia com passagens marcantes da história da humanidade, a mistura de elementos que Michael Bay está fazendo nesse filme, simplesmente te coloca em uma posição de choque, envolvendo toda a franquia de filmes. No meu caso, ver tantos envolvimentos históricos onde teve o envolvimento de robôs gigantes, foi de ficar boquiaberto sem piscar.E claro, muita câmera lenta.

Potencial para ser o melhor da franquia?

O elenco não chama atenção nesse filme, mas quando temos Anthony Hopkins, claro que podemos esperar uma grande atuação desse grande ator dos cinemas. Na cena que vi, só prova essa genialidade incontestável de quem fez Odin, Alfred Hitchcock e claro, eterno Hannibal.

Michael Bay fez um vídeo do porquê as pessoas devem assistir o filme (VEJA AQUI), e pelo que assisti, não é só por causa de estar sendo gravado em IMAX 3D. Sou descrente quando se fala dos filmes de Optimus e cia., mas admito que esse filme pode SIM, ser o melhor filme dos Transformers já feito.

Sinopse: Os humanos e os Transformers estão em guerra e Optimus Prime se foi. A chave para salvar nosso futuro está enterrada nos segredos do passado, na história oculta dos Transformers na Terra. A salvação de nosso mundo recai sobre os ombros de uma aliança improvável: Cade Yeager (Mark Wahlberg), Bumblebee, um lorde inglês (Anthony Hopkins) e uma professora da Universidade de Oxford (Laura Haddock). No quinto filme da saga, os procurados se tornarão heróis e os heróis se tornarão vilões. Somente um mundo sobreviverá: o deles ou o nosso.