Anúncio

A vida é cheia de responsabilidades e amarguras que precisamos conviver no dia a dia e cada vez mais surgem tristezas que facilmente nos atingem, nós precisamos adoçar um pouco mais ela e porque não fazer isso com um romance? Fanfare of Adolescence é a dosagem de fofura e amor que você precisa, mas cuidado que nesse caso é bastante doce, e sempre ressaltar que esporte e romance nos animes tendem a ser destinados a grandes sucessos ou terríveis desastres.

O início não esconde nada de você, prefere já deixar tudo claro o que vais acontecer, com exceção claro da trama, essa que vai ser desenvolvida ao decorrer da temporada, cada personagem é apresentado da forma singular e são desenvolvidos de acordo com a relação entre eles, podendo ser um casal ou amizade até indo para uma rivalidade mais áspera.

O primeiro episódio preparou o terreno para o qual você irá caminhar em Fanfare of Adolescence, de diálogos bem mais enfeitados para cenários um tanto fantasiosos fogem demais do padrão, contudo faz você ser acolhido e abraçado no mais quentinho afeto fofinho de uma trama romântica, o que pode ser um divisor de opiniões, pois o público alvo são os românticos mais extremistas, para um anime de romance achei bem exagerado tantas cenas e um tanto desnecessário já nos apresentar o casal do anime, era melhor trabalhar algo mais dramático e segurar mais o desenvolvimento do que entregar tudo de bandeja, espero que o decorrer da temporada eles sejam mais pacientes.

Certos artifícios de trama são um tanto questionáveis para mim e aqui se mostrou bem gritante, tirando o fato que o anime será uma coleção de husbandos e waifus, aquele clichê de garoto do interior em paralelo a elite é algo que sempre gera o mesmo tipo de desenvolvimento, e por que eu tô dizendo isso?

Pelo simples fato que o primeiro episódio deixa tudo mastigado para você, com uma cena só, o único que vem do interior e realmente teve contato com cavalos é o que sabe domar os animais e impressiona a todos, então já está bem claro o que está por vir, os secundários têm ambições diferentes um do outro e podem roubar a cena em algum momento, mas nada é mais sem sal e descartável que o protagonista, um ex-idol que decidiu virar jóquei, sinceramente achei bem fraco e muito cansativo, ele tenta crescer para cima de alguns rivais, mas só se mostrou um coitadinho, admito que a curiosidade de saber se ele vai crescer como personagem além da carreira de jóquei é grande, mas esse aí é mais um protagonista que não passa de um rostinho bonito.

Por mais críticas que existam para essa nova obra, Fanfare of Adolescence é o extremo açucarado do gênero romance que chuta para longe o esporte da trama, aos românticos digo que será um prato cheio por tudo que o primeiro episódio entregou, mais do que devia aliás, se ele será um anime a altura dos românticos só eles vão poder dizer, porque aqueles que consomem animes de esporte com subgênero romance sabem que existe ali tudo para ser algo fofo, mas pode se tornar um trauma.

Anúncio

ASSISTA NA CRUNCHYROLL

Anúncio