Quando falamos de manhwas (webtoons/quadrinhos coreanos) é impossível não citar isekais, histórias em que o protagonista — ou outros personagens — vão para um mundo diferente a fim de viver suas aventuras. É nesse contexto que vamos falar sobre Beware the Villainess.

Ainda no gênero isekai, é comum que abordem a temática de “vilãos”, quando o protagonista da série “reencarna” no que seria o vilão do mundo onde ele está, em geral novels ou jogos.

Sendo assim, Beware the Villainess  (Cuidado com a Vilã, em tradução livre) é um manhwa justamente com esse tipo de abordagem. Um dia, nossa protagonista acorda dentro de uma novel na personagem de Melissa Foddebrat, a noiva do príncipe herdeiro, e também a grande vilã da história. Porém, Melissa não está nem um pouco interessada em exercer esse papel. Muito pelo contrário, seu grande objetivo é mostrar para Yuri Elizabeth (a mocinha da novel) que todos os seus pretendentes românticos são péssimos, e que ela ficaria muito melhor sozinha.

Uma dose de alegria

Em geral o principal foco desse tipo de série é o romance. No entanto, Beware the Villainess explora mais a fantasia e a comédia e apesar de haver toques de romantismo aqui e ali, com certeza não é ponto principal. Na verdade, ela acaba evoluindo aos poucos para uma aventura com personagens fantásticos como lobisomens, magos, monstros, santos e até mesmo um “Deus”.

Inclusive, não consigo contar quantas vezes eu simplesmente parava para gargalhar enquanto lia o título. A comédia é uma sátira bem construída, que brinca com elementos modernos e tira proveito de todos os estereótipos de obras de romance e fantasia.

Além disso, as ilustrações são lindíssimas! Têm personagens muito expressivos, coloridos magnificamente, e altamente detalhados. Principalmente quando falamos de artefatos mágicos.

Como uma fã de carteirinha da série, para mim é difícil tecer alguma crítica negativa. Afinal, eu acho que todo o plot se desenvolve de maneira natural, inteligente e sem momentos que deveriam ser descartados.

O autor, Berry, sabe como construir uma narrativa que conquista os leitores ao mesmo tempo que dá espaço para mais interpretações e outras histórias paralelas. Não à toa, após a conclusão do manhwa, foram lançados mais de 35 episódios extras.

Considerações Finais

Beware the Villainess
Imagem Divulgação

Concluída em 2022, a série conta com 92 episódios, e é possível realizar a leitura gratuita de todos através da plataforma Tapas (em inglês). Nela, a série está habilitada na ferramenta Wait Until Free (um novo episódio é liberado a cada três horas depois da leitura do anterior).

Enfim, Beware the Villainess é uma série brilhante e divertida que atingiu mais de 7 milhões de visualizações e quase 200 mil inscrições. Também, é um exemplo perfeito de como abordar temas comuns e construir narrativas criativas e diferenciadas, uma mistura ideal para quem gosta do gênero isekai mas prefere obras mais leves e cômicas.

Anúnciobanner amazon

Amantes de mangás, uni-vos!  Clique no banner acima e adquira o seu mangá preferido na Amazon. Não só você desfruta da sua leitura favorita, mas também ajuda o Suco de Mangá a crescer. Juntos, celebramos o mundo dos mangás!

REVIEW
Beware the Villainess
Artigo anteriorA Vida Invisível de Addie LaRue | Review
Próximo artigoConfira o novo trailer de EA Sports PGA Tour
Bibliotecária, especialista em conservação de histórias em quadrinhos, pesquisadora na área de educação, princesa da Disney e apaixonada por Sailor Moon a mais de 20 anos.
beware-the-villainess-reviewEu me tornei a vilã de um romance! Eu odeio isso? Não! Eu acho isso bem legal. Filha de um duque = uma pessoa rica sem emprego. Como posso perder uma chance como essa?! Esta é a melhor chance de aproveitar a vida. Eu deveria jogar fora a trama principal e viver a vida como eu quero! Pouco tempo depois de acordar como vilã, testemunhei meu noivo, o protagonista masculino do romance, o príncipe coroado, me traindo. Eu o vi abraçar uma garota que não era eu e ele estava sorrindo tão brilhante. Eu fui levada às lágrimas... Brincadeirinha, eu não chorei! Minhas lágrimas valem demais para serem desperdiçadas nesse lixo. Em vez de lágrimas, gritei: "Sua alteza, vá se foder". O personagem principal com uma personalidade de um refrigerante refrescante! A protagonista, uma garota apaixonada que jogará completamente fora a história principal! Por quê? Porque é um desperdício para uma garota estar cercada por carros baratos. (carros = homens).