Anúncio

Uma das estreias da Temporada de Outono 2019 é um anime que pretende mostrar como a leitura é um dom precioso e que muitos de nós tratamos como algo dado. Ascendance of a Bookworm, a “ascensão de uma rata de biblioteca”, mostra a história de uma garota que foi parar num isekai. Dessa vez não pelo Caminhão-kun, mas sufocada pelos próprios livros depois de um terremoto.

Como a base de quase todo isekai é um mundo medieval, a história pensa o seguinte: como fica a leitura num mundo desses? O que acontece quando uma bibliotecária morre e vai parar num outro mundo como uma menina?

Ascendance of a Bookworm
Ascendance of a Bookworm (Imagem Divulgação)

A LEITURA E O LIVRO NA IDADE MÉDIA EM UM PARÁGRAFO

A história é mais ou menos famosa: a leitura era um privilégio de nobres e sacerdotes (os últimos principalmente, pois eles eram os encarregados pela Palavra). Além disso, livros eram incrivelmente mais caros, pois até Gutemberg e sua prensa, os livros eram feitos à mão por copistas. Um processo longo, demorado e exaustivo. Tamanho trabalho era refletido em seus preços.

(é muita ousadia querer resumir a história da leitura em um parágrafo, mas todo mundo precisa de um começo; e síntese é vida!)

E a situação vivida pela menina Maine é bem por aí. Ela vem de uma família humilde, longe da nobreza. E por isso mesmo incapaz de achar um livro em sua própria casa. Na feira, as coisas são indicadas por sinais. Poucas coisas são escritas além dos preços dos alimentos. Ela até consegue achar um livro, mas seu dono se recusa a deixar Maine sequer encostar nele.

Ascendance of a Bookworm
Ascendance of a Bookworm (Imagem Divulgação)

LENDO DE UM JEITO OU DE OUTRO

O que parece ser o caso aqui, é que se Maine não pode ler livros, que foi toda sua razão de viver em sua vida passada, então ela mesma irá fazer seus próprios livros. Letras, Física, Química, História, Folclore e tudo o mais é motivo de curiosidade, tudo aquilo que é possível de ser escrito e guardado em páginas, conhecimentos que não se perdem com palavras ao vento, mas palavras à tinta.

Como ela irá fazer isso, como irá se adaptar a uma nova linguagem de um outro mundo e qual será a repercussão disso em sua pequena cidade serão coisas que o anime irá mostrar nesses próximos três meses.

Temos muitos gigantes vindo aí neste outono. Com novas temporadas de My Hero Academia, Shougeki no Souma e Sword Art Online, é fácil de ignorar o “resto”. Mas se você tem algum apreço pela leitura, Ascendance of a Bookworm é uma ótima escolha para as suas quartas-feiras. Maine tem uns monólogos internos bem engraçados, originais e tanto a abertura quanto o encerramento são muito bem executados.

Mais um isekai? Mais um isekai. E mais uma vez o gênero não desgasta, pois não estamos diante de um anime que cai na mesmice. Pelo contrário, Ascendance of a Bookworm merece nossas atenções em sua estreia.

ASSISTA AGORA NA CRUNCHYROLL