E finalmente a tão aguardada segunda temporada de Shingeki no Kyojin (Attack on Titan) estreou – e que estreia, meus amigos sucolinos! 

Confira também: Cinco obras para conhecer enquanto lê ou assiste Shingeki no Kyojin (Attack on Titan)

ALERTA: Se você ainda não conferiu a primeira temporada, o texto está carregado de SPOILERS! Se você é assinante da Crunchyroll, corre lá para assistir também! Toda semana, aos sábados, as 11h30, um novo episódio inédito será disponibilizado por lá.

Link para assistir na Crunchyroll

Espera tão aguardada

Shingeki no Kyojin é um mangá lançado em 2009 por Hajime Isayama e serializado mensalmente na Shounen Magazine, da editora Kodansha. Em 2013, ganhou uma animação pelo WIT STUDIO, com 25 episódios (e alguns OVA + curtas) e foi um enorme sucesso de crítica e público no mundo todo. Nada mais justo do que estarmos tão ansiosos para estes 12 novos episódios, estreando na Temporada de Primavera 2017.

Com quase quatro anos de espera, o mangá foi ganhando ainda mais volumes – atualmente com 21 – e a pressão com o estúdio foi aumentando até que em peno 01 de abril, temos o retorno de Eren e toda a tropa de exploração de volta.

 

Mike Zacharias

A segunda temporada, ou episódio 26, continua exatamente da onde parou a primeira leva de acontecimentos. Com Eren controlando cada vez mais seus poderes e derrotando a titã fêmea, um grupo de titãs invadem e se aproximam da Muralha Rose.

É nessa que Mike Zacharias – conhecido por sua habilidade técnica e estando abaixo apenas de Levi/Rivaille – se responsabiliza e tentará neutralizar (servindo de isca para que outros soldados fujam) o grupo de titãs. Porém, de forma surpresa, um titã anômalo e similar a um gorila aparece e dialoga com Mike – este que fica perplexo e entra num estado de choque. Em seguida, ele pega o equipamento 3D do líder do esquadrão para pasmem, estudar o equipamento!

Recepção e Qualidade Técnica

Devido a uma crise na animação japonesa, onde animadores andam trabalhando muito e recebendo pouco, o estúdio teve de reduzir – e de forma considerável – a quantidade de episódios para esta temporada. Porém, nada impede que ao término desta, uma nova temporada seja anunciada para este ou pro ano que vem (ou 2019, quem sabe).

Como todos sabem, Shingeki no Kyojin é uma obra de excelência técnica, com animações extremamente fluidas, CGI que harmonizam com a proposta do anime e com uma dinâmica de cenas – principalmente nas de ação – de tirar o fôlego. Um dos motivos na queda da quantidade dos episódios é a do estúdio, WIT STUDIO, manter a qualidade técnica alta; e isso nós podemos comprovar também neste episódio piloto.

Por sinal, gostaria de ressaltar o exímio trabalho de Hiroyuki Sawano – mais uma vez – com suas trilhas sonoras muito bem produzidas e que ajudam a ditar o ritmo da trama, bem como o ótimo trabalho feito – novamente – pela banda Linked Horizon e com a música “Shinzou wo Sasageyo”.

Linked Horizon (Imagem Divulgação)

Titã Bestial

Para quem acompanha no mangá, já está na frente com as diversas revelações da série, porém, quem apenas acompanha a animação, já ficará com muitas dúvidas ao assistir este primeiro episódio. A principal dela seria:

“O que seria este Titã Bestial”?

“Existem outros que podem conversar e tão inteligentes quanto ele?” 

“O que ele fará com o 3D que pegou de Mike Zacharias?” 

Além disso, outras dúvidas permeiam deste o início da franquia, como por exemplo sobre o pai de Eren Jaeger e o mistério do porão – e o que tem por lá. A segunda temporada de Shingeki no Kyojin voltou, e muito bem, e de já demonstra a comunidade preparando novas teorias e desfechos para esta série titânica.

Sinopse: Eren Jaeger jurou eliminar todos os Titãs, mas em uma batalha desesperada ele se torna aquilo que mais odeia. Com seus novos poderes, ele luta pela liberdade da humanidade, combatendo os monstros que ameaçam seu lar. Mesmo depois de derrotar a Titã Fêmea, Eren não consegue descansar – uma horda de Titãs se aproximam da Muralha Rose e a batalha em nome da humanidade continua!

 

  • Volign Xorun

    Sinceramente, espero que futuramente não estraguem a animação como fizeram em Berserk, aquela tentativa de deixar meio 3d acabou com o clima da primeira temporada…

    • Bruno Bellan

      Acho difícil, é uma característica do estúdio mesmo né? Assim como da Polygon (que achooo bemmm melhor que da Liden :P)