Divertida é a palavra certa para descrever o MAXIMUM THE HORMONE, composto por UE-CHANG, DAISUKE-HAN, NAO e MAXIMUM THE RYOKUN, o quarteto formado em 1998, possui até o hoje o que propôs para os fãs nos primórdios da carreira: música de qualidade e diversão.

SHOW NO BRASIL > DETALHES

Confira também: A trajetória do ASIAN KUNG-FU GENERATION ante o sucesso

O palco de diversões

Há quem diga que brincadeira tem limites. Bom, para o MAXIMUM THE HORMONE isso parece não ter muita importância, visto que a maioria dos seus lives são totalmente transformados em uma espécie de “parque de diversões”. Não entendeu? Então dêem uma olhada:

Desde uma encenação dos membros da banda no palco (incluindo uma bicicleta) até um live no corredor do que parece ser uma escola, o MAXIMUM THE HORMONE leva a diversão afinco.

Decida por si mesmo

Pode-se até dizer que o MAXIMUM THE HORMONE conquistou os seus fãs pela recreação, mas acredito que dizer tal coisa seria um equívoco. O quarteto oferece muito mais do que o entretenimento, isto é, o som pesado aliado aos impressionantes vocais, os coloca entre uma das melhores bandas do Japão.

Há diversos rótulos para o gênero da banda, mas isso também é algo que limitaria o trabalho dessa galera, visto que eles possuem muitas influências que vão desde Ramones, passando por Pantera e aterrissando em Red Hot Chili Peppers.

MAXIMUM THE HORMONE nas animações

Um dos fatores que contribuiu ainda mais para a disseminação da banda fora da terra do sol nascente foi à aplicação das canções “Whats up, people?!” e “Zetsubou Billy (Desperate Billy)” como tema de abertura e encerramento do anime DEATH NOTE.

https://www.youtube.com/watch?v=hQAp9DvSXoY

Até mesmo Akira Toriyama, sim, o autor do clássico Dragon Ball se inspirou em uma das canções da banda. “F” foi utilizada no filme “Dragon Ball Z – Revival of F”, durante a batalha.

Embora o MAXIMUM THE HORMONE não tenha lançado mais nada, a banda ainda continua sendo uma das mais conhecidas tanto fora quanto dentro do Japão, seja pela diversão ou pela música, o quarteto realmente cumpre o que promete: diversão e música sem limites.

MAXIMUM THE HORMONE (Imagem Divulgação)