Anúncio

No feriado de 25 de janeiro, data em que será comemorado o aniversário de 462 anos de São Paulo, o criador da Turma da Mônica, Mauricio de Sousa, receberá homenagem da Prefeitura de São Paulo pela contribuição do seu trabalho para o entretenimento, educação e cultura da cidade e do país. Será concedido ao desenhista a “Medalha 25 de Janeiro”.

Além de Mauricio de Sousa, também receberão homenagens a cantora Leci Brandão e a escritora e Lygia Fagundes Telles. A medalha foi instituída em 2009 e já premiou personalidades como o presidente do Líbano Michel Suleiman, os arquitetos Lina Bo Bardi e João Batista Vilanova Artigas, a artista plástica Tomie Ohtake, o compositor Paulo Vanzolini, dentre outros.

Acompanharão Mauricio de Sousa, durante a cerimônia, sua filha Mônica Sousa, inspiradora da sua famosa personagem, e Amauri Sousa, diretor executivo do Instituto Mauricio de Sousa.

Mauricio de Sousa e Lygia Fagundes Telles são membros da APL (Academia Paulista de Letras). O autor foi o primeiro desenhista a integrar uma academia de letras. Nascido em Santa Isabel, passou a infância em Mogi das Cruzes, mas foi em São Paulo que realizou o sonho de ser desenhista. “Fico muito honrado e feliz com esta homenagem. Escolhi São Paulo como lar para minha família e sede da minha empresa. Aqui nasceram meus personagens e cresceram meus filhos. A partir daqui, a Turminha cresceu e ganhou o país e depois o mundo”, diz o criador da Turma da Mônica.

Sobre Mauricio de Sousa

Mauricio de Sousa iniciou sua carreira como ilustrador na região de Mogi das Cruzes, próximo de Santa Isabel, onde nasceu. Aos 19 anos, mudou-se para São Paulo e, durante cinco anos, trabalhou no Jornal Folha da Manhã (atual Folha de São Paulo), escrevendo reportagens policiais. Em 1959 criou seu primeiro personagem, o cãozinho Bidu. A partir daí vieram, Cebolinha, Cascão, Mônica, e tantos outros. Em 1970, lançou a revista Mônica. Depois de passar pela Editora Abril e Editora Globo, assinou contrato com a multinacional italiana Panini. Cerca de 150 empresas nacionais e internacionais são licenciadas para produzir mais de três mil itens, com os personagens de Mauricio de Sousa; suas criações chegam a cerca de 30 países.