Bem-vindos ao Vintage et Underrated, a coluna que une o antigo que não sai de moda e o underground que todo mundo adora, ou deveria. Pra hoje, vamos falar dessa obra cuja a continuação foi anunciada no fim de julho por ninguém menos que James Cameron (Avatar, Titanic).

Sobre Battle Angel Alita (ou GUNNM)

Gunnm ou Battle Angel Alita é a saga de maior sucesso de Yukito Kishiro (Aqua Knight). Ela chegou pela primeira vez em 1990 na revista Business Jump da editora Shueisha. Já no Brasil, a editora JBC publicou a obra.

O OVA, por outro lado, fica a cargo do estúdio Madhouse (o mesmo de Perfect Blue e Tokyo Babylon) e conta com dois episódios.

O filme, que narra a primeira parte do mangá, saiu em 2019 e teve uma boa recepção do público com 92% de aprovação pela Rotten Tomatoes.

Enredo

Agora falando sobre a obra em si. A história segue o gênero cyberpunk e ação com algumas pitadas de drama, típicos de qualquer obra de distopia futurista. Além disso, enredo do mangá se divide em três partes.

Primeira parte

A primeira, na cidade de Scrapyard, uma espécie de submundo criado a partir das sucatas e dejetos que caem da cidade flutuante de Zalem, onde mora a parte mais rica da população. A parte mais interessante dessa primeira parte do mangá é entender tanto o modo de vida de quem vive em Scrapyard e sua vontade quase insana de ascender à cidade flutuante.

Assim, os moradores locais não escondem que fariam qualquer coisa para se tornarem habitantes de Zalem, sempre vendida como uma espécie de paraíso.

Além disso, temos ainda as histórias sobre uma antiga guerra com uma raça marciana (contada melhor no Mangá Gunnm: Crônicas Marcianas). Inclusive, história que possui uma grande importância na história da protagonista.

Segunda parte

Já a segunda parte gira em torno dos torneios de Motorball (minha parte predileta). Ou seja, disputas sangrentas em que os jogadores são submetidos única e exclusivamente para o entretenimento das massas.

As ligas principais, inclusive, são televisionadas para Zalem, mostrando que mesmo o pessoal da cidade alta tem tendências a relaxas com a violência do jogo.

Em vários momentos da história, personagens falam sobre uma época em que o Motorball era apenas uma corrida (com violência relativamente moderada, talvez próximo do hockey). No entanto, começou a se tornar um coliseu futurista graças ao desejo dos expectadores de ver cada vez mais agressividade.

Terceira parte

A terceira parte é a mais viajada. Alita finalmente conhece Zalem, mas está lá para buscar o Dr. Nova. Ele é o suposto criador da própria Alita e um gênio conhecedor de um perigoso segredo da cidade flutuante (que eu vou deixar depois da sinopse pra ninguém me bater por dar spoiler não solicitado).

Há ainda algumas “side quests” como a Radio Kaos, o surto psicótico de Zapan (ok, mas a história por trás disso me parte o coração, principalmente o final desse arco).

Também, a própria paixãozinha da Alita – que inclusive aparece no filme – que dão um tom todo especial para o mangá, trazendo personagens, novas relações e provavelmente fazendo você querer abraçar a Alita em quase todo final de arco.

Curiosidades interessantes

Em algumas traduções mais antigas, o nome da protagonista é Gally, como no japonês e as cidades são Tiphares (Zalem) e Kuzutetsu (Scrapyard).

Panzer Kunst nada mais é que um termo alemão para “Luta com armadura”, mas está longe de ser algo inventado de forma rasa! Na verdade, o autor criou toda uma filosofia por trás da arte marcial (que é exclusiva para ciborgues), que conta com ranks, 5 estilos/escolas e diversas técnicas, algumas delas até secretas!

Sobre a arte do mangá, é incrível como eles conseguem passar toda a ambientação de um futuro distópico só com jogo de sombras e traços bem marcados.

O design dos personagens também é digno de nota, além das cenas de ação que são super bem feitas!

Pontos Positivos

  • Enredo é PER-FEI-TO
  • Cenas de ação super bem produzidas
  • Gore na medida certa, não é desnecessário e ao mesmo tempo é gráfico sem ser vulgar

Pontos Negativos

  • Muitos pedaços da história estão espalhados nos diversos mangás, então pra entender 100% o plot, tem que consumir absolutamente tudo o que foi lançado
  • Alguns personagens interessantes simplesmente somem de um arco pro outro
  • Tem pouco Motorball, podia ter mais!

battle angel alita capa 1 jbc

Sinopse: Vagando pelo lixão, um especialista em cybermedicina (Dr. Ido) encontra restos de uma ciborgue hiperhumanizada sem memória, a qual ele decide criar como uma filha, sem saber que ela guarda um poderoso segredo que pode abalar inclusive a tensa relação entre o submundo de Scrapyard e a cidade flutuante de Zalem.


Agora sim, o SPOILER!

O segredo de Zalem é que basicamente NENHUM de seus habitantes possui um cérebro humano. Ao completarem 19 anos, todos os habitantes da cidade flutuante passam por uma cirurgia em que seu cérebro é substituído por um chip que contém suas memórias e personalidades, mas os mantém em estado de obediência civil através do controle bioquímico de estresse.

Anúnciobanner amazon

Amantes de mangás, uni-vos!  Clique no banner acima e adquira o seu mangá preferido na Amazon. Não só você desfruta da sua leitura favorita, mas também ajuda o Suco de Mangá a crescer. Juntos, celebramos o mundo dos mangás!