Shueisha não consegue direitos autorais dos padrões de Demon Slayer

demon slayer patentes
Anúncio

Tendo registrado no ano passado os padrões dos personagens de Demon Slayer, a Shueisha teve seu pedido de direitos autorias negado em setembro deste ano. Assim, dentre os desenhos que a editora tentou patentear estavam os de Tanjiro, Nezuko e Zenitsu.

Tudo começou no meio do ano passado, quando a Shueisha registrou os padrões no banco de dados japonês J-PlatPat, mas em maio deste ano teve o pedido negado. No entanto, a editora entrou com um recurso em julho deste ano, novamente em vão.

Em relação à estampa do Tanjiro, exclusivamente, o Escritório de Patentes do Japão observou que este é um padrão muito utilizado, e que sua aparição em Demon Slayer não faz com que seja exclusivo. Então, a Shueisha contra-argumentou dizendo que a estampa de Tanjiro é diferente, pois possui quadrados e retângulos, além de ser delimitado por uma borda preta. No entanto, não adiantou. O Escritório de Patentes seguiu com o argumento que o padrão carece de traços mais significativos para ter direitos autorais sobre ele.

De qualquer forma, os apelos da Shueisha não foram todos descartados. Em junho deste ano os padrões de Giyuu Tomioka, Shinobu Kocho e Kyoujurou Rengoku ganharam o registro de marca autoral pela editora. Desta forma, capinhas de celulares, softwares de video games, toalhas, dentre outros, com as estampas dos personagens acima agora possuem marca registrada.

Por fim, a Shueisha tem três meses para enviar um novo apelo para as estampas de Tanjiro, Nezuko e Zenitsu.

Anúncio
Anúncio