Anúncio

Fruits Basket é um anime baseado em um mangá shoujo, de mesmo nome, publicado em 18 de julho de 1998, sendo uma comédia romântica com um toque de sobrenatural.

Escrito por Natsuki Takaya, conhecida pelo codinome Naka Hatake, uma mangaká muito famosa no Japão que também escreveu Hoshi Wa Utau e Genei Musou, entre outros shoujos. Este é um remake do anime que já foi lançado 5 de julho de 2001, com 26 episódios.

Apenas o licenciante continua sendo o mesmo, a Funimation, conhecida por animes como Tokyo Ghoul e Mirai Nikki. O atual estúdio é TMS Entertainment, grande produtor de shoujos como Kamisama Hajimemashita e Orange. Sinceramente, acredito que esse foi o estúdio mais adequado para fazer o remake desse anime tão querido.

É um lançamento da Temporada de Primavera 2019, talvez um dos mais esperados pelos fãs de romance. Acredito que será fiel e tão bom quanto o antigo, com a vantagem de um gráfico melhor.

Fruits Basket 2019
Fruits Basket (Pôster Divulgação)

Uma família diferente

Tohru Honda é uma menina meiga e dedicada que infelizmente perdeu a mãe em um acidente de carro. A partir de várias discussões sobre com quem Tohru deveria morar, ela acaba se abrigando em uma barraca no meio de área florestal, sozinha. Com determinação ela decide enfrentar esse desafio estudando e trabalhando bastante para se bancar.

Em uma manhã, a caminho da escola, ela encontra uma casa no meio da floresta e, de curiosidade, vai dar uma olhada. Coincidentemente, seu é a casa de seu colega Yuki Souma e seu primo Shigure Souma. Depois de um dia bem cansativo para Tohru, os primos Souma acabam descobrindo sua situação e oferecem um quarto para ela ficar, até arrumar outro lugar para ficar. O que ela não sabe é que a família Souma possui inúmeros segredos…

Fruits Basket 2019
Fruits Basket (Pôster Divulgação)

Uma romance extremamente fofo

Pelo primeiro episódio já se vê que é uma história muito fofinha, e se você gosta de romances com um toque de sobrenatural esse é perfeito. Recomendo para os novatos e para quem gosta de um ar de shoujo antigo, mas não consegue assistir os clássicos por conta da “animação antiga”.

A opening ainda não foi mostrada no primeiro episódio, mas eu particularmente amo a opening da primeira versão. Dessa vez, eu gostei mais da nova ending, que está muito fofinha e gostosa de ouvir. Além disso, eles capricharam muito no novo gráfico que está maravilhoso. Esse shoujo lembra um pouco Kamisama Hajimemashita, se você é fã.

Estou muito ansiosa para os próximos episódios e espero que mais shoujos clássicos ganhem remake daqui para frente, assim eu posso assistir todos de novo.