Anúncio

Este ano estivemos em mais uma edição da Fest Comix 2015. Por problemas de logística e também pelo fator de estarmos atualizando o site para uma nova plataforma, não conseguimos postar antes. Mas o #SUCO está se ajeitando e esperamos comparecer com a equipe completa no ano que vem!

O evento aconteceu nos dias 17, 18 e 19 de julho na cidade de São Paulo. Esta foi a 21ª edição, trazendo diversos ícones da cultura pop e dos quadrinhos – do meio nacional e internacional.

Com um espaço exclusivo para a produção independente, a Fest Comix foi realizado no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center – o mesmo local da Comic Con Experience e que também será da Brasil Game Show em 2016 – e trouxe Nobuhiro Watsuki, Steve Englehart, Bernad Chang, Salvador Sanz e o brasileiros, Mike Deodato, Jackson Hebert, Roberto Quintanilha, Ivan Reis, Eddy Barrows, dentre outros.

Nobuhiro Watsuki e Steve Eaglehart

A Fest Comix em parceria com a Fundação Japão, trouxe o criador de Rurouni Kenshin (Samurai X), o mestre mangaká Nobuhiro Watsuki. Desta vez, não conseguimos o tão sonhado autógrafo – e nem foto – pois a procura estava altíssima e um alvoroço total para conseguir alguma coisa com o artística japonês.

Mais um peso pesado das atrações internacionais, foi a presença de Steve Englehart, que trabalhou com Vingadores, Capitão América, Batman, Lanterna Verde e muito mais. Ele SÓ foi o criador do Senhor das Estrelas – vulgo Starlord – de Guardiões da Galáxia.

Público Feminino

O que chamou mais a atenção no evento, foi com um espaço dedicado ao público nerd feminino. Lá podíamos encontrar diversas artísticas como Adriana Melo, que já desenhou Aves de Rapina, Witchblade, e também as artistas Fefê Torquato (Gata Garota), Bianca Pinheiro e Fernanda Mia.

Anúncio

Porém, o trabalho que as Minas Nerds anda fazendo é o que vale mesmo de destaque. Com mesas redondas e palestras, temas como Mães Nerds, Cyberbulling e Feminismo na TV, era um dos temas abordados por lá.

Tsubasa Imamura

Outra atração bem bacanuda foi com Tsubasa Imamura. Para quem não conhece, ela é uma cantora japonesa que interpreta canções brasileiras em sua bela voz suave. Em seu repertório, figura algumas músicas da bossa nova, com Tom Jobim até Engenheiros do Hawaii.

Comix Book Shop até aqui

A Fest Comix foi criada em 2001, mas podemos afirmar que sua edição de 2o15 é a que deu uma identidade para o evento. Antes, o intuito de fato, era a venda de quadrinhos. Você comparecia ao evento para comprar e gastar uma grana em seus hqs e mangás favoritos.

Passando da frente da rua da livraria – na Alameda Jaú – depois transferida para um saguão no prédio da TV Gazeta e outros, a feira se transformou na maior e mais tradicional do país, onde podemos sim comprar – e conseguir descontos – no que queremos, mas também adquirir conhecimento e conteúdo com suas diversas atividades.

Quadrinhos

Tivemos um time seleto de atrações nacionais e internacionais de quadrinistas. Podemos citar o internacional Bernard Chang (Mulher Maravilha, Lanterna Verde), o argentino Salvador Sanz (Mercano) e os brasileiros Mike Deodato Jr (Vingadores, Homem-Aranha), Eddy Barrows (Superman, Asa Noturna) Ivan Reis e Joe Prado (Aquaman, Ligada Justiça) Jackson Hebert (Kirby Genesis, Terra II: Fim do Mundo), Rod Reis (Jovens Titãs, Aquaman) e Marcelo Maiolo (Arqueiro Verde, Tropa dos Lanternas Verdes).

Fest Cosplay

Todos os dias, rolou no evento um concurso organizado pela Comics Cosplay BR para cosplayers de super-heróis, games, animes e mangás, seriados e filmes, com prêmios diários divididos nas categorias melhor apresentação ocidental individual, melhor apresentação oriental individual, melhor dupla, entre outras.

 

Anúncio