baek hyun
BaekHyun (Imagem DIvulgação)
Anúncio

Segundo o autor do artigo na Forbes, Huge McIntyre, os mais bem sucedidos na indústria musical sul coreana, são grupos masculinos ou femininos, o que é totalmente diferente na América.

Grupos de k-pop como BTS, Monsta X, Blackpink, NCT 127 e Super M, conseguiram fazer muitas das maiores e mais históricas impressões nas paradas da Billboard! Porém, cantores solistas vêm ganhando terreno sólido na América; Solistas como BaekHyun, Wonho, Rosé, J-hope e RM são os citados no artigo.

Confira abaixo uma visão geral listada na Forbes sobre o assunto: 

Wonho

Wonho (Imagem Divulgação)

O ex-membro do grupo Monsta X, seguiu para a carreira solo depois de sair do boy-group por ser envolvido numa polêmica sobre dívidas e uso de substâncias ilegais, o que foi negado meses depois com provas contundentes pela própria justiça sul coreana. 

Ao reestruturar a própria imagem, Wonho fez o seu debut como solista no final de 2020 com o mini álbum intitulado “Love Synonym #1 – Right For Me”, que alcançou a parada de vendas de álbuns mais populares. E essa conquista é muito notável para um artista que não só encarou uma polêmica, como também acabou de se aventurar na carreira solo.  

Recentemente foi anunciado que a parte dois do álbum está por vir! Dia 26 de fevereiro, o mini álbum “Love Synonym #2 – Right For Us”, será lançado e já teve sua tracklist anunciada. Nas redes sociais, as Weenes, como são chamadas as fãs, já mostram o mesmo apoio e amor incondicional ao artista, assim como ansiedade pelo lançamento. 

Anúncio

J-hope

j-hope
J-Hope (Imagem Divulgação)

O membro do grupo BTS fez história ao se tornar um dos cinco solistas sul coreanos a aparecer na Billboard 200, e foi o primeiro a entrar no Top 40. Em 2018, seu álbum de estréia “Hope World”, subiu para a 38ª posição nessa lista, e a 16ª no ranking de álbuns mais vendidos. 

Um ano depois do lançamento do álbum, J-hope lançou um novo single intitulado de “Chicken Noodle Soup”, que contou com a participação da estrela latinoamericana Becky G, e garantiu ao Idol a permanência no top 100, mantendo-o como um dos poucos artistas sul coreanos que aparecem nessa contagem. 

Como essa música não foi vinculada a nenhum projeto, é possível que em 2021, J-hope possa lançar outro trabalho de estúdio, e dessa vez, com mais músicas! É uma possibilidade muito real, então as Army já podem cruzar os dedos e torcer para que isso aconteça!

Rosé

rosé
Rosé (Imagem Divulgação)

O girlgroup Blackpink alcançou coisas incríveis em uma série de charts da Billboard em 2020, contando com seu álbum de estréia no Top 10 e vários sucessos Top 40 no Hot 100, e isso sem contar as várias outras vitórias. A YG, empresa que faz o agenciamento do grupo, já havia anunciado anteriormente que todas as integrantes do grupo fariam um debut solo. Jennie já fez, em 2018, o debut com a música “Solo”, que foi muito bem recebida pelo público, e agora, em 2021, é a vez da Rosé. 

A integrante já lançou o teaser da sua música chamada “Coming Soon”, e a música já foi performada por ela no dia 31 de janeiro de 2021 no “The Show” por decisão da própria artista. A expectativa é alta e o investimento financeiro, por parte da YG, na música da artista, é altíssimo! Só resta as Blinks aguardarem pacientemente até que, finalmente, a música seja lançada. 

Mas claro, temos que ter em mente que esse debut solo está prometendo há muito tempo, e que para um grupo tão grande e popular a nível mundial, como o Blackpink, é bastante óbvio que esse debut causará grande impacto na própria indústria musical.  

BaekHyun

baek hyun
BaekHyun (Imagem DIvulgação)

O idol primeiro fez seu nome no boygroup Exo, e se popularizou mais ainda ao se tornar parte do grupo SuperM, que alcançou o primeiro lugar, junto ao BTS, no Billboard 200. E BaekHyun, que desde o debut no Exo, é um dos mais aclamados vocalistas do K-pop, está indo muito bem na sua carreira solo. 

Ele aparece na parada de venda de álbuns em 2019 e 2020, alcançando a posição 71 e 53 respectivamente. E pelo ritmo da sua popularidade como solista, é muito provável que BaekHyun só cresça nos charts da Billboard em 2021. E os fãs, com certeza, aguardam ansiosamente por novos lançamentos. 

RM

RM
RM (Imagem Divulgação)

O membro do BTS, assim como J-hope, alcançou grande sucesso como solista e no próprio grupo, que é líder nos charts quando se trata de K-pop. Em 2018, RM lançou “Mono”, uma mixtape que alcançou a 26ª posição na Billboard 200. Nessa época, isso foi um grande feito, tendo em vista que poucos títulos de artistas sul coreanos haviam ficado entre os 40 primeiros colocados nesta lista. 

Entre tantas boas colocações e tamanha popularidade crescente, se RM decidir fazer novos lançamentos em 2021, com certeza alcançará excelentes colocações, firmando-se cada vez mais como uma estrela na América.

Anúncio