Demon Slayer | Empresa cria versão comestível do bambu da Nezuko

Anúncio

Demon Slayer (Kimetsu no Yaiba) simplesmente explodiu no Japão. Um sucesso em vendas de mangás, em bilheteria de cinema e, assim como nos anos 80 com Cavaleiros do Zodíaco, a criançada japonesa está com Kimetsu na ponta da língua. Não, falo sério, literalmente na ponta da língua (veja abaixo).

A Sugiyo, uma empresa especializada em processados feitos à base de frutos do mar, fez um kamaboko em formato de bambu (veja abaixo), aquele mesmo que serve de mordaça para a Nezuko. Aqui, a velha bronca de mãe “Não brinca com a comida moleque!” não se aplica. A intenção da empresa é justamente tornar um produto comum da culinária japonesa em uma diversão na refeição, o primeiro passo para um cosplay da Nezuko.

Aliás, quem já viu animes como Dagashi Kashi sabe bem que “não brinca com a comida” vai na contra mão de muito doce feito lá pelo Japão (o próprio lema na logo da Sugiyo diz “Healthy and Happy”). As “Dagashi-ya” (lojinhas de doces) faturaram durante um bom tempo vendendo doces que ao mesmo tempo podiam servir de brinquedos. Algo como o Kinder Ovo daqui, mas com brinquedo e comida sendo uma coisa só.

dagashi kashi
Um anime só sobre docinhos? Pode crer que tem

E o que são esses rolinhos verdes que aparecem na reportagem da NHK (veja abaixo), afinal de contas? Um kamaboko, explicando da forma mais direta, é um processado de peixe. Eles vêm em vários tipos e formatos. Aquela rodelinha estrelada no ramen, o naruto-maki, é um kamaboko. Ele é usado em alguns pratos, como o chahan (um risoto chinês) ou mesmo em saladas. Sabe aquele palitinho rosa com gosto de siri que você come na salada do self-service? Pois é, o kani também é um processado de estilo parecido.

Anúncio

E você, que talvez queira fazer cosplay da Nezuko? Trocaria um acessório por algo mais prático, como um lanchinho?

Anúncio