Anúncio

Começou!

Entre os dias 26 de agosto e 04 de setembro de 2016, acontece a 24ª Bienal Internacional do Livro em São Paulo, no Pavilhão do Anhembi, com o tema “Histórias em todos os sentidos”.

22ª Fest Comix | Tudo o que rolou na mais tradicional feira de quadrinhos do Brasil

O evento acontece diariamente, das 9h às 22h de segunda a sexta-feira, e das 10h às 22h nos sábados e domingos (exceto no último dia da feira, que acaba às 21h). O ingresso custa R$ 20 e R$ 25 e pode ser comprado pela internet (o que pode facilitar muito a sua vida no final de semana, que costuma ser lotadíssimo).

Estivemos no primeiro dia do evento, olha aí!

O trajeto

Para chegar lá de transporte público é simples: tem ônibus gratuitos saindo do metrô Portuguesa-Tietê, na Linha Azul. Aos finais de semana também vai ter ônibus saindo do metrô Barra Funda, na Linha Vermelha. Tem muita van que faz o transporte cobrando em torno de R$ 3 a R$ 5, mas também tem fila e dá quase na mesma – não recomendo, mas se você está um tanto desesperado e preferir, saiba que tem a opção.

O local

A disposição de tudo na Bienal Internacional do Livro é praticamente a mesma da edição anterior, mesmo local, os mesmos banheiros nas extremidades do salão, praças de alimentação em todo o entorno e a feira em si no meio. Há distribuição de um mapa com localização das editoras e das áreas de autógrafos, apresentações, palestras e tudo. Para algumas atrações, é preciso ter senha, distribuída no site da Bienal.

Anúncio

Os preços

Há algumas áreas grandes do tipo “qualquer livro por R$ 5,00” ou “qualquer livro por R$ 10,00”, com uma enorme variedade de estilos e que exigem certa paciência para você encontrar algo que realmente queira – e isto é uma das coisas bacanas deste tipo de feira, convenhamos. Nos estandes das editoras não há muitas ofertas, mas sempre tem pelo menos uma seçãozinha de promoções.

Na maioria, o menor preço de oferta é R$ 10, com exceção das seções infantis que tem aqueles livros de colorir gigantes por R$ 5, e uns menores por R$ 3. Tem descontos de 20%, em alguns itens da Comix, por exemplo (mas eles já foram mais generosos, senti falta), e de 50% em qualquer livro de um estande da Martins Fontes. Estandes que valem muito a pena conferir é o da Bookshop Livraria e Sebo, que tem livros do George Martin por R$ 15, e o da Book Outlet, que tem títulos como Assassin’s Creed, Warcraft e os da Cassandra Clare por R$ 10 cada.

E tem brindes na Bienal! Na Editora Aleph, quem fizer compras acima de R$ 60 lá, ganha um poster. Na Leya, pode ser um chaveiro, uma camisa, um livro, dependendo de o quê você comprar. Quer economizar mais? Vá no dia 30 de cosplay que a entrada será free.

Fotos!

Na edição passada, as pessoas faziam fila para tirar foto no Trono de Ferro da Editora Leya. Este ano, além deste mesmo trono (que está levemente mais bonitinho), a Saraiva também levou um Trono de Ferro para o pessoal se divertir, além de um mural de post-its para todos declararem seu amor pelo autor favorito. Já a Rocco levou um cenário de Harry Potter, com carrinho de malas pronto para atravessar a parede e seguir para Hogwarts (mas por favor, não testem a magia da coisa).

No estande da Ciranda Cultural, você pode entrar numa caixa de Barbie, e posar com o avião de O Pequeno Príncipe no espaço do Mosteiro São Bento dedicado ao livro (ótimo para quem não conseguiu ir na exposição!). E em vários estandes, há aqueles totens para a pessoa encaixar a cabeça e sentir o próprio Menino Maluquinho com a Julieta, por exemplo, ou abraçar um Stormtrooper achatadinho.

Para crianças

Não faltam atividades para os pequenos serumaninhos. Tem o espaço imenso da Turma da Mônica, tem o espaço imenso do Itaú (que dão coroinhas de papel para adultos felizes também), tem um painel da Disney com o filme “Moana – Um mar de aventuras”. Fora os estandes gigantescos dedicados ao público infantil.

Moana – Um Mar de Aventuras | Confira o primeiro trailer nacional

Coisas interessantes

Tem um espaço dedicado à literatura de cordel, repentes, xilogravuras e cultura popular nordestina em geral. Tem a Tertulia, a lojinha da Bienal Internacional do Livro, cheia de bags, camisetas e outros produtos lindos. Dá para passar um bom tempo escolhendo o que comprar. No espaço da Turma da Mônica, tem a Gráfica, onde você pode criar um livro com você dentro da história. O estande da Mitra tem jogos de tabuleiro super legais, de raciocínio e estratégia, super bonitos. Além disso tudo, vale a pena conferir os espaços dedicados a bate-papo e contação de histórias, como a BiblioSESC.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resumo: 
Vai lá, aproveite.

Anúncio