Anúncio

Entre os novos lançamentos dos animes dessa Temporada de Verão 2017, está o título Kakegurui que atraiu muitos interessados devido a sua animação e reviravoltas do enredo.

Confira também: NTR: Netsuzou Trap (Mangá) | Primeiro Gole

Para aqueles que não conhecem a obra, originada em um mangá, com atuais 42 capítulos, a história gira em torno de uma escola mito famosa onde os alunos apostam altas quantidades de dinheiro nos mais diversos jogos de azar.

Bichinho de Estimação?

Nosso pobre protagonista (Suzui) inicia sua história como um perdedor total, sendo rebaixado ao título de house pet, ou bichinho de estimação, qualificação dada aos 100 menores contribuintes do colégio. Toda essa metodologia de apostas, pets e bullying com endividados foi um sistema instaurado pelo comitê estudantil que assumiu há dois anos, onde seus membros são todos altos apostadores de famílias ricas e com muitos títulos.

A história começa a mudar quando uma aluna transferida, Yumeko Jabami, se aproxima de Suzui sem nenhuma segunda intenção, o que Suzui não sabe é que Yumeko é uma Kakegurui, ou seja: uma viciada maníaca em apostas.

Anúncio

Dos autores

O roteiro é de Homura Kawamoto, autor que tem outros títulos já lançados como Bunu Ryoutou – Saikyo Saichi no Sodatekata (2017), Isekai Houteis: Reuttai Barrister (2016), Rengoku Deadroll (2015), entre outros, porém sua obra mais conhecida ainda é Kakegurui que além do mangá original lançado em 2014 teve uma série de spin-offs voltado para os personagens secundários como Kakugurui Futago (2015) e Kakugurui Midari (2017).

A arte por sua vez fica para o talentoso Touru Naomura, que fez a série Shitsurakuen e é um dos meus artistas favoritos, com traços firmes, belíssimos personagens femininos e masculinos, que esbanjam sensualidade sem a necessidade dos famosos “panty shots” ou excesso de seios a mostra.

Audacioso e criativo

A obra Kakegurui é considerada um drama, mas a verdade é que é muito difícil classificar o mangá em só um tipo de gênero. Ele á audacioso, criativo, divertido, com personagens marcantes que facilmente nos apaixonamos. Além disso, diferente de muitas outras séries, não há vilões aqui, todos são alunos colegiais com qualidades e defeitos, podendo ou não fazer coisas ruins.

Com seu último capítulo lançado em junho de 2017, a série ainda tem muito a oferecer, com uma história ainda longe do seu ápice e muito enredo para ser desenvolvido.

Kakugurui é minha recomendação para todos que gostam de histórias fora da caixinha, ele tem um roteiro constante, instigante mas sem fazer enrolações que nos alonguem por vários e vários capítulos, além disso, os personagens principais são bastante envolventes, e nos fazem sempre torcer, mesmo que nem sempre a vitória seja a resposta correta.

Capa do primeiro volume de Kakegurui (Imagem Divulgação)
Anúncio