Recentemente a Darkside Books lançou a graphic novel “Francis“, da quadrinista italiana Jessica Cioffi, mais conhecida como Loputyn e tivemos o prazer de receber o volume da editora para a leitura.

Esmero e Verniz Mágico das Florestas

Como de praxe, a DarkSide Books mantém seu padrão de qualidade, e o destaque aqui é para o acabamento em verniz na capa e o tamanho “grandão” do quadrinho, com 21 x 30 cm.

Apesar de ser um volume fino e com poucas páginas (96), a qualidade gráfica somada ao seu tamanho dão um ganho e brilhantismo a mais na aventura mágica de Melina em seu conciliábulo na floresta.

Dica: para quem comprar Francis na loja oficial da editora, um sketchbook – para anotar suas magias preferidas – virá como brinde. 

loputyn
Jessica Cioffi, a Loputyn (Imagem Divulgação)

Melina em sua autodescoberta

Na história de Francis, temos a bruxinha Melina que está prestes a passar por um ritual importante na sua Assembleia das Bruxas. Porém, para tal, ela deverá disputar o cargo com sua melhor amiga, Camélia.

Pois bem, enquanto sua amiga – agora rival – se preparou com poções e feitiços, a nossa protagonista está presa em seus anseios e desmotivada nos seus estudos. Com isso, ela decide invocar um espírito da floresta para lhe ajudar. Eis que temos Francis!

francis
A arte de Loputyn em Francis (Imagem Divulgação)

A exteriorização do íntimo

Após a apresentação da trama, o desenvolvimento foca na relação entre Melina e seu mais novo amigo da floresta. Logo de cara, o leitor (como eu), já repara que os dois não combinam em NADA. Melina é temerosa e não anda lá com sua autoestima tão bem, já que em contra-partida, a raposa Francis se mostra um ser desbravador e motivado a conquistar tudo o que deseja.

A conexão entre os dois e de como ela se desenvolve é o cerne da obra de Loputyn, onde temos uma personagem “Real” em que muitas garotas irão se identificar, já que: quem é que nunca passou por um momento de pressão na vida, não é mesmo?

Francis é a figura que motiva Melina a exteriorizar seus desejos mais íntimos, tudo aquilo que estava engasgado – às vezes por anos – seja por conta de problemas na infância ou algum tipo de opressão, mostrando a ascensão da garota em sua autodescoberta, na busca de sua liberdade e independência.

melina francis loputyn
“Gosto de você Francis. Mas aí depois você me deixa” (Imagem Divulgação)

Consequências

Gostei de como a leitura flui em uma harmonia de cores que combinam exatamente com o clima do quadrinho. São apenas alguns minutos de imersão, e sim, dá aquele gostinho de querer mais – principalmente com o tipo de final colocado pela autora – mas a mensagem é passada de uma forma clara e recompensadora.

Diferente de Wytches, que temos um teor mais pesado, Francis traz uma leveza em seu ritmo de leitura, uma protagonista de fácil identificação como num Mahou Shoujo da CLAMP, ou como Atsuko em Little Witch Academia. Indicado à todas as aspirantes na Arte da Magia.  

Bônus: Fã da autora, convidei nossa parceira sucolina Cah Poszar (Shoujo Bomb, Teerra & Windy) para comentar o que achou de Francis:

“Sigo o trabalho da Loputyn já há muito tempo via instagram, quando soube que ia sair aqui não perdi tempo e comprei na pré venda mesmo! A edição de Francis da Darkside Books ficou maravilhosa, o projeto gráfico é lindo e combinou demais com o estilo da autora. A Darkside sempre arrasa nesse sentido. Com relação ao trabalho em si, sou suspeita pra falar qualquer coisa, é uma HQ linda, cheia de detalhes, cores incríveis, e uma história com significado bastante profundo de autoaceitação e liberdade, e claro, as consequências de nossas escolhas. Lindo demais!”

francis darkside books
Francis (Capa Divulgação)

COMPRE FRANCIS