Anúncio

Quando li  a sinopse de Silver Spoon (Gin no Saji) pela primeira vez pensei “hmmm… acho que vou deixar pra lá”, mas logo em seguida vi que o mangá era feito pela consagrada Hiromu Arakawa (Fullmetal Alchemist), então resolvi dar uma lida, já que a autora merece todos os créditos do mundo.

Logo após terminar o primeiro volume pensei: “Gostei! E gostei muito!… Então ele é épico e surpreendente igual Fullmetal Alchemist?”. Negativo! Silver Spoon é simples, direto, casual e muito, muito divertido.

Em pouco tempo eu já tinha virado fã do mangá e, quando anunciaram o anime, eu já estava convencido que tinha que assisti-lo…

Longe das áreas urbanas

O anime se passa todo em uma escola agrícola sem qualquer ligação com áreas urbanas. Creio que a maioria dos leitores do SUCO vivem em áreas urbanas, certo?

Então você consegue imaginar como seria passar o dia cuidando de vacas, porcos, galinhas, fazendo diversas atividades físicas e acordando sempre as 5h da manhã? Isso soa como ‘loucura’ para qualquer garoto da cidade, e não foi diferente para o protagonista do anime.

Yugo Hachiken é um garoto como muitos: tem boas notas, é tímido, sua personalidade não é muito forte, em resumo, ele é comum até demais!

Anúncio

Por motivos que será mostrado ao decorrer da história, Hachiken decide ir morar o mais longe possível da família, indo parar na escola Yezo.

Um local diferente

E assim começa o dia a dia de um típico garoto da cidade vivendo em lugar totalmente diferente do que ele conhece. Hachiken faz muito coisa errada, se ferra, aprende e acaba se divertindo com tudo.

Está vendo como é fácil se identificar com o protagonista? Isso é um ponto muito positivo na série! Diversas situações cômicas que Hachiken passa nos faz pensar ‘comigo seria a mesma coisa’.

Na escola conhecemos diversos outros personagens, os quais serão amigos de Hachiken ao decorrer da história. Todos são marcantes e divertidos, é difícil escolher qual é o melhor.

Personagens carismáticos

Essa habilidade da Hiromu Arakawa fazer coadjuvantes tão ‘maneiros’ já tinha sido mostrado em Fullmetal Alchemist, mas em Silver Spoon isso ganha ênfase, já que a história é simples demais, os personagens tem que segurar a barra.

Sobre a comédia… Silver Spoon é bizarro! Digo, existem diversas piadas que vemos em outros animes, contudo, você já viu uma cena cômica em um parto de uma vaca? Ou o ‘primeiro encontro’ entre um garoto e uma garota ser atrapalhado por um cadáver de urso?

Pois bem… Algumas cenas de Silver Spoon podem perecer ‘ofensivas’ para um seleto grupo de pessoas, mas vale frisar que a proposta do anime é mostrar a ‘vida rural’, então muitas cenas são estranhas para nós, mas acontecem com quem vive nesse meio.

Silver Spoon é um dos poucos animes dessa temporada que me fez rir de verdade, gargalhar na frente da TV. Mais um ponto positivo para a série.

Identificação animal

Além das bizarrices, o anime tem sua dose de emoção, mas nada em exagero. O lado ‘bonito da coisa’ fica por conta de Hachiken aprendendo a viver naquele meio, se apegando aos animais, entrando no clube de hipismo e, principalmente, nos momentos em que passa com seus amigos.

Já a parte técnica do anime não é nada excepcional, é boa, mas não chama muito a atenção. Silver Spoon é um anime ‘Slice of Life’, não tem cenas de ação exageradas e nada parecido, então o simples acaba agradando muito.

A trilha sonora é boa, mas fica no mesmo patamar da animação. O tema de abertura ficou nas mãos da popular cantora Miwa, com a música ‘Kiss You’, já o encerramento ‘Hello Especially’ ficou por conta da banda Sukima Switch e é minha música favorita do anime.

Muito curto!

Silver Spoon tem só um único ponto ruim: É curto demais! São somente 11 episódios. Ainda bem que a saudades vai durar pouco, o anime volta em janeiro de 2014 para sua segunda temporada.

Para finalizar, Silver Spoon merece mesmo ‘5 copos’?… Vamos lá… A pontuação é dada baseado em sua proposta. Silver Spoon não prometeu ser épico, surpreendente e tudo mais, sua proposta era ser simples e engraçado, e nisso o anime mandou muito bem.

Desafio você a assistir Silver Spoon e não rir! Aposto também que você vai adorar os personagens e vai se colocar diversas vezes no lugar do Hachiken. Creio que você nem precise ver a série toda para concordar comigo. Sim, Silver Spoon é ‘nota máxima’!

A Editora JBC já lançou dois mangás da Hiromu Arakawa por aqui, será que em breve veremos Silver Spoon nas bancas? Espero que sim!

Anúncio