Anúncio

A nova temporada começou ! Ae, que alegria! Apesar de não ter tantos títulos que eu (Franja) quero acompanhar dessa vez, esse ar de renovação sempre é bom.

O #BELLAN já fez o ‘Primeiro Gole: Sailor Moon‘ e aprovou, gostou do que viu! Chegou minha vez e confesso que estava ansioso pela estreia desse anime, sou fã demais do universo ‘terror’, mas… Guardem isso: Publico alvo. Agora, vamos lá:

Já vou mandar a real: Achei meio ‘sem sal’… Não empolgou não… Mas, lembra do que eu pedi para guardar? Continuando…

Tokyo Ghoul foi indicado como uma das principais promessas da temporada e, quando eu vi o teaser e a sinopse, concordei com a ideia e fiz questão de conferir. Logo de cara somos apresentados aos ghouls, que são seres humanoides com uns tentáculos doidos que comem os outros no mal sentido (canibalismo mesmo). Até ai, massa (e gore)! Em seguida já surge o protagonista Ken Kaneki e, com ele, o primeiro problema: Que cara sem graça… Mas tudo bem, é terror, pode ser um cara normal…

Durante quase todo o episódio assistimos o primeiro encontro do Kaneki com uma garota que ele acredita ser a ‘namorada ideal’ quando, de repente, ela é um ghoul e tenta mata-lo! Fácil de adivinhar né? Ainda mais quem leu a sinopse… Depois ele vira um ghoul e fica na crise de ‘quero comer pessoas, mas não quero perder minha humanidade’… E o episódio acaba! Pois é…

Mas vale lembrar que essa sessão chama ‘Primeiro Gole’, ou seja, ainda da para melhorar… É só a primeira impressão… Porém, um primeiro episódio foda como do Ao no Exorcist ou enigmático como Another ajuda muito! Confesso que não tenho muita vontade de continuar com Tokyo Ghoul, mas ainda acredito na ideia, vou terminar e ele volta aqui para a review completa. Um dos motivos que me fazem continuar é popularidade positiva do mangá, a galera pira! Então, por que não dar uma chance?

Sobre a parte técnica, sem enrolar, é massa! Animação ótima, trilha fera, dublagem boa! Aprovado.

Para finalizar: Publico alvo!

Esse é um ponto que considero interessante. Passei o dia pensando sobre o que escrever do anime e isso não sai da minha cabeça… Tokyo Ghoul é massa para quem é adolescente e não muito legal para quem é adulto ou é fã de muitos títulos de terror. O anime vai impressionar sim a galera que está entrando nesse universo ou é ‘mais nova’… O Franja já tem seus 26 anos, velho de guerra… Enfim, mesmo com tudo o que disse, você seguidor adolescente ou que quer conhecer mais sobre ‘terror’: acredita e vai!

De qualquer modo, Tokyo Ghoul volta para a review completa e eu espero muito mudar de opinião!

Valeu galera, abraço!