Funimation finaliza compra da Crunchyroll

Crunchyroll Funimation logos
Imagem Divulgação
Anúncio

A Funimation anunciou na última segunda-feira (9) a aquisição do serviço de streaming Crunchyroll. Os valores envolvidos superam os 1,1 bilhões de dólares (cerca de R$5,7 bilhões).

O grande empecilho na negociação era a definição da justiça americana para determinar se a fusão criaria um monopólio no mercado de streaming de animes. Apesar de concretizada apenas ontem, a fusão já tinha sido aprovada aqui no Brasil.

A paquera da Sony pelo serviço da Crunchyroll não é de agora. No ano passado, a AT&T, até então dona do streaming, ofereceu o serviço á Sony pelo valor de US$1.5 bilhões (cerca de R$8.1 bilhões à época). Naquele momento, a empresa japonesa não aceitou o valor, considerando-o muito alto, mas manteve a negociação que teve seu desfecho nessa semana.

Anime é uma mídia de crescimento rápido que cativa e inspira emoção entre o público em todo o mundo. O alinhamento de Crunchyroll e Funimation nos permitirá estar ainda mais próximos dos criadores e fãs que são o coração da comunidade de anime.

Kenichiro Yoshida, CEO e Presidente da Sony Group Corporation

As questões pós-fusão

A maior dúvida no momento é se ambos os serviços serão unificados ou não. Até porque tanto a Funimation quanto a Crunchyroll tem em seus catálogos licenças e opções diferentes uma da outra. A hipótese de fusão dos dois serviços em um só é algo que anima grande parte do público. Seria ótimo poder contar com um catálogo ainda maior pagando apenas uma assinatura, não é mesmo?

Também fica a dúvida sobre o processo de dublagens de animes, como por exemplo as licenças para dublagem, quais estúdio ficarão encarregados do trabalho, entre outras. A Funimation vem investindo bastante com em português, principalmente junto ao estúdio Dubrasil.

Anúncio

Daqui em diante, a Crunchyroll e a Funimation prometeram anunciar novidades em breve. O processo de fusão pode levar um tempo, além da tratativa de muitas questões burocráticas.

Anúncio