KC-Girls
Imagem Divulgação
Anúncio

Em comemoração aos 10 anos do K-POP ACADEMY, o Centro Cultural Coreano no Brasil (CCCB) preparou uma programação inédita, recheada de conteúdo para os kpoppers. O projeto de k-pop visa apresentar e instruir jovens ao estilo musical do pop coreano através da dança e do canto. Assim, para comemorar e incentivar àqueles que se interessam no assunto, o grupo cover KC GIRLS mostrará um pouco da sua rotina.

Produzido oficialmente pelo Centro Cultural, o KC GIRLS possui 9 membros, sendo que as garotas conseguiram dominar as coreografias de ‘Butter’ e ‘Permission to Dance’, do BTS, em apenas dois meses. A responsável pelo treino e aperfeiçoamento do grupo é Grazielle Angélica, professora que se inspira no sistema coreano para os trainees das agências de entretenimento.

Desta forma, por meio de vlogs no canal do YouTube do Centro Cultural, o KC GIRLS irá mostrar a preparação e os rigorosos treinos, assim como os bastidores dos idols antes de alcançarem a fama.

Além disso, outra presença muito especial fará parte da programação do projeto. Visando ajudar e orientar os jovens brasileiros interessados em cultura coreana, nada mais justo que o K-POP ACADEMY conte com pessoas experientes no assunto. Não bastando os professores coreanos que atuaram como coreógrafos ou backdancers de grandes artistas, desta vez uma idol brasileira irá apoiar o projeto. Isso mesmo, Leia, cantora do grupo feminino Blackswan, compartilhou sua experiência como trainee e idol da indústria pop coreana. Assim, presença de Leia no Centro Cultural também poderão ser encontrados através do canal do YouTube.

Ainda, Wankuk Kim, diretor do Centro Cultural Coreano no Brasil, se pronunciou sobre o assunto:

Dançar K-POP ajuda a desenvolver autoconfiança e autoestima nos alunos. Quando o aprendizado envolve a coreografia em grupo, o aluno aprende a respeitar outras pessoas, como professores e colegas. Ao longo do tempo, os alunos podem esquecer as coreografias, mas o aprendizado de respeitar e fazer trabalho conjunto o ajudará durante a vida toda. Formamos o grupo KC GIRLS com essa expectativa, de selecionar jovens que possuem boa personalidade e potencial na dança. Como a maioria dos alunos sonham em trabalhar com arte no futuro, nossas aulas são voltadas a ensinar coreografias, mas também foram projetadas para entender melhor a área da arte e como se comportar como um artista profissional. A visão do K-POP ACADEMY é um projeto experimental, mas o Centro Cultural gostaria de seguir com um projeto que realmente ajudasse na realidade, através do K-POP, utilizando treinos e estudos que existem na indústria sul-coreana.

Por fim, em janeiro de 2022 um documentário de dois episódios será divulgado, acompanhando a rotina de jovens coreanos que seguem o sonho de se tornarem idols do K-POP. Os jovens serão trainees de agências de entretenimento, além do grupo novato DONGKIZ, assim os espectadores terão depoimentos reais tanto de quem ainda luta para debutar quanto de quem já realizou esse sonho.

Anúncio
Anúncio