overwatch 2
Anúncio

Os players puderam conhecer um pouco sobre as novidades que vêm, ou podem vir, ao Overwatch 2 durante a BlizzConline de ontem (19). Conhecida por seus jogos online que levaram a indústria adiante, a Blizzard parece investir forte no PvE para a sequência do shooter vencedor do Game of the Year Awards 2016.

Novos mapas e mudanças em funções

O primeiro assunto comentado pelo time de Jeff Kaplan foram novidades em mapas e em novidades para cada uma das roles dentro do game. Lembrem-se que o que foi comentado é apenas teste interno e não necessariamente quer dizer que chegaram ao game oficial.

Roma e Nova Iorque foram os mapas apresentados pela equipe que foram reconstruídos dando a identidade artística da série e referenciando monumentos históricos ou ambientes conhecidos pela comunidade.

Além dos mapas a equipe trabalha em mudanças de mecânica dentro do jogo que vão ser diferentes para cada função. Geoff Goodman, quem lidera o time de design de heróis, apresentou que todos os tanks sofreram menos impacto a habilidades como o boop do Lúcio. Algo parecido com steadfast, passiva do Reinhardt.

Para os suportes têm sido testado uma passiva parecida com a da Mercy, com a qual se regenerão ao longo do tempo depois de não ter sofrido dano por um período. E por último, DPS terão um aumento de velocidade natural para que consigam flankear ao redor do mapa com mais facilidade.

Anúncio

Isso apresenta um foco em combates ainda mais intensos dentro do game com tanks sendo uma presença mais intimidadora e suportes tendo um sustain natural em seu kit fazendo com que sobrevivam mais sem depender tanto do seu time.

Upgrades nos combates e mapas

A equipe por trás dos efeitos que vemos em tela tem trabalhado para trazer uma autenticidade e dar feeback aos players em diferentes cenários durante as partidas. Entre os pontos que foram apresentados estão: um novo sistema de sons para armas e mudança climática durante as partidas que podem beneficiar um tipo específico de personagens.

Para isso a equipe trabalhou na captura de sons de tiros em locais apertados ou em espaços abertos para capturar como o som se comporta e transcrever isso para dentro do jogo amplificando a sensação de combate para os players.

Para o PvE, apenas aparentemente, os mapas terão uma mudança climática durante as missões trazendo novamente mais autenticidade para os diferentes locais do mundo representados em tela.

Segundo os desenvolvedores isso pode mudar drasticamente o tipo de composição usada favorecendo alguns heróis mais que outros dependendo do clima e o que acontece em tela.

Hero missions

Overwatch sempre foi um interessante projeto transmídia onde a narrativa do jogo era complementada por HQs, curtas ou contos, mas faltava algo. Esperar um ano pelo evento Arquivos para poder ter uma visão da história dentro do jogo não era suficiente e parte da crítica da comunidade gira em torno disso, então a Blizzard parece estar disposta a investir no que sempre fez a empresa forte, histórias.

Com um sistema de progressão estilo RPG, já apresentado na BlizzCon 2019, e com o feedback dos players em relação ao Null Sector, grupo de IA extremista no universo do jogo, os artistas dentro da Blizzard trabalham para entregar novos modos em mapas já conhecidos e reimaginados como Kings Row ou novos como Rio de Janeiro.

Conforme evolui o jogador poderá optar por diferentes estratégias de como evoluir seu personagem fazendo com que cada jogador crie sua própria experiência se aproximando do estilo de jogo que mais o agrada.

Mudança de visual

Como foi apresentado na última edição do evento o estúdio planeja mudanças visuais dos personagens e também um HUD mais limpa, ocupando menos espaço em tela. Foram apresentadas mudanças no visual da Widowmaker, Reaper, Pharah e McCree.

O intuito dos desenvolvedores é manter a estrutura básica dos personagens, mas também evidenciar uma mudança e envelhecimento dos personagens como dito por Arnold Tsang, diretor de arte de personagens no jogo.

O time planeja entregar uma expêriencia cinemática interativa dentro do universo e, ainda que sem data prevista, o jogo apresenta um avanço em sonorização, ambientação e modelagem além de um foco em PvE que pode significar um novo caminho para o game. Certamente mais do que esperava foi apresentado e as mudanças são positivas, resta saber quando.

Quando, Blizzard?

Anúncio