angelia jolie coreia
Imagem Divulgação.
Anúncio

Em vídeo conferência do lançamento do filme “Those Who Wish Me Dead“, Angelina Jolie demonstrou carinho e afeição em relação a Coreia do Sul, além de demonstrar sua vontade de se aproximar da indústria cinematográfica do país no futuro, seja dirigindo ou aparecendo em um filme.

Jolie expressou seu carinho dizendo, “A Coreia é um lugar verdadeiramente especial para mim!

Posteriormente, ela continuou: “Estou ansiosa para o dia que eu for para a Coreia novamente. Eu quero estar em um filme coreano se eu tiver a chance.

Quando perguntada sobre que tipo de país a Coreia é para ela, ela respondeu sem hesitar que é um país especial. Completando:

Eu tive um bom momento na Coreia e eu quero passar mais tempo na Coreia no futuro. Apesar da pandemia da COVID-19, Maddox continua estudando coreano diligentemente e as vezes me ensina.

angelina e maddox
Imagem Divulgação.

De fato, Angelina Jolie tem uma relação agradável com a Coreia do Sul, já que seu filho, Maddox, estuda em uma das três universidades mais famosas e prestigiadas do país, a Yonsei University. Como resultado, a atriz visita o país para promover seus filmes e visitar o filho.

Anúncio

Jolie trabalhou recentemente com o ator Ma Dong Seok no filme “The Eternals” da Marvel, dirigido por Chloé Zhao, que ganhou o Oscar de “Melhor Direção” recentemente, e sobre ele, disse:

Nós trabalhamos juntos e ele é um excelente ator talentoso. Ele foi gentil e tem boa personalidade. Nós nos tornamos bons amigos e colegas.

Quando questionada sobre algum outro ator coreano que ela gostaria de trabalhar, ela respondeu: “Há muitos, é difícil escolher apenas uma pessoa.

Ela finalizou mostrando seu desejo de aparecer ou dirigir um filme coreano.

Eu acho que seria bom aparecer em um filme coreano ou dirigir. Eu quero ser próxima da indústria cinematográfica coreana no futuro.

De fato, o cinema sul-coreano anda em alta! Pudemos ver essa popularidade toda se concretizar com todos os feitos de Parasita em 2020. Como resultado dessa popularidade, pudemos ver também o sucesso de Minari, que mesmo sendo um filme americano, suas raízes sul-coreanas o fizeram receber grande atenção em premiação internacionais. Inclusive, o sucesso garantiu à atriz sul-coreana Youn Yuh-Jung três prêmios na categoria “Melhor Atriz Coadjuvante” no SAG 2021, BAFTA 2021, Oscar 2021. Esse prêmios compõem momentos históricos da representatividade oriental feminina no cinema.

Anúncio