Agora foi a vez do estúdio Bones, conhecido por produzir obras como Fullmetal Alchemist e Noragami, fazer parceria com a Netflix para criar mais um anime para a temporada de inverno de 2018. A.I.C.O.: Incarnation teve 12 episódios e estão todos disponíveis na plataforma da Netflix desde o dia 9 de março.

É um anime shonen de ficção científica e ação, dirigido pelo Kazuya Murata, que já trabalhou em obras como Berserk de 1997, e Oceans Waves. O mangá foi escrito pelo Hiroaki Michiaki e começou a ser publicado em novembro de 2017 e possui apenas um volume até agora.

aico incarnation

O Japão em 2037

A história se passa no Japão do ano de 2037, mais precisamente no desfiladeiro chamado Kurobe. Dois anos antes, um projeto de uma pesquisa científica acabou não dando certo, criando uma forma de vida artificial chamada Matéria.

Essa forma de vida é hostil e começou a atacar pessoas, e esse incidente foi chamado de Erupção. Dois anos depois, um garoto chamado Kanzaki Yuya vai atrás de uma garota que perdeu sua família toda na Erupção, Tachibana Aiko, pois acredita que ela possa ter relação com o início do incidente.

Os dois se juntam com mais um grupo de pessoas para tentar acabar com a Matéria de uma vez por todas.

aico incarnation netflix
A.I.C.O. Incarnation (Pôster Divulgação)

Viradas Inesperadas

Esse anime é muito frenético, tendo poucas cenas mais lentas. A história possui muitas viradas inesperadas, o que ajuda o anime a ficar mais emocionante.

Cada personagem possui uma personalidade bem diferente um do outro, mas acho que o entrosamento entre os personagens poderia ter sido mais trabalhado. Possui mais de um núcleo de personagem, mas hora ou outra os núcleos acabam se encontrando durante o anime.

Técnica Bem Executada

Quanto a parte técnica, o anime está bem animado, não vi falhas durante a animação ou deslizes e também não deixa a desejar também no design dos personagens.

A trilha sonora ficou por conta do compositor Taro Iwashiro, que já participou da trilha de animes como Arslan Senki e Blade & Soul. Ele faz um ótimo trabalho em A.I.C.O., apesar que há cenas que mal dá para ouvir a música de fundo por causa do som dos efeitos e das vozes.

A abertura do anime é muito bonita visualmente, e contém cenas do anime que já aconteceram e que vão acontecer. Quem canta a música é a Miho Karasawa (TRUE) e se chama A.I.C.O.

O fechamento do anime também é bem bonito, e mostra a personagem principal, Tachibana Aiko, andando por vários lugares. Quem canta a música é a Haruka Shiraishi, que também dá a voz para Aiko no anime. A música se chama Michi no Kanata, e tem um tom bem melancólico.

aico incarnation

Um Olhar Para Frente

Se você gosta de ficção científica pode se interessar por esse anime. Ele possui vários elementos de tecnologia que se mostram bem avançadas do nosso tempo, o que é bem interessante já que vemos muitos tipos de objetos tecnológicos inventados para o anime.

A.I.C.O. e B: The Beginning são exemplos de que essas parcerias da Netflix com estúdios japoneses podem dar muito certo, já que no mês de março recebemos essas duas ótimas obras.

Recomendo A.I.C.O. e acredito que vocês vão gostar também. É um anime rapidinho de maratonar, e quando você menos espera, já está no episódio final.