Anúncio

Levante guerreiro! As valquírias reacenderam seu espirito ao reino de Valheim para trazer a ordem. Derrote os antigos rivais do todo poderoso Odin e traga ordem ao caos. É com esse principio que a jornada de Valheim começa.

Valheim é um jogo de sobrevivência com temática nórdica. Com exploração, construção e evolução aos perigos desconhecidos desse local. Além disso apresenta marcas de RPG, tornando um divisor de águas no desenrolar do jogo.

A sobrevivência do mais forte

Você é carregado ao plano de Valheim, onde você é um guerreio levado pelas valquírias em busca do titulo de Einherjar e ser reconhecido por Odin. Então nesse ponto você terá que sobreviver em um local caótico e desconhecido.

Com o apoio de Hugin, um dos corvos de Odin, você começa a entender as mecânicas do jogo. Então apenas com um pedaço de pano no corpo, você pode começar a coletar recursos, caçar e construir. Espalhadas pelo mapa, existem cabanas a qual você pode usar de refugio para as noites ou transformar numa base, o que indica que outros guerreiros passaram por ali.

Mas antes de adentrar ao ponto das construções, temos que falar do sistema de RPG que é implantado em Valheim. Quase tudo que você faz tem uma habilidade atribuída que evolui com a repetição e execução. Por exemplo, ao socar um tronco ou um javali, você ganha pontos de combate desarmado e assim melhora a pericia de combate desarmado com níveis.

O mesmo serve para correr, pular, nadar e armas de combate. Quanto mais você executar essas ações menos estamina será consumida. Quase todas as ações consomem estamina e dessa forma é importante ter recursos para aumentar ela, como comidas especificas.

A vitalidade é importante pois Valheim tem um sistema de condições, geralmente associadas ao clima, como frio, ao ambiente, como molhado e ao conforto. Elas impactam diretamente no uso e na regeneração da vida e diretamente a barra de estamina que está relacionada a isso.

Valheim
Valheim (Imagem Divulgação)

Sua cabana, seu futuro

Claro que é de suma importância você estabelecer uma zona de conforto, um lar. Além de organizar sua evolução é algo que dá charme ao jogo. Você vai gastar horas construindo cabanas, muros e cercados, nada diferente nesse estilo de jogo, apesar que não é simples e leva um tempo para acostumar a usar a ferramenta de construção.

Nessa condições é possível você construir ferramentas que permitem a construção de novas armas e tecnologia. Como a história nos conta da era da pedra para a era do bronze você tem que descobrir a formula do sucesso e ter espaço para ela. Com as bancadas de trabalho e os materiais certos você começa a evoluir seu equipamento tanto como roupas e armas, como arquitetura, veículos e portais.

Tudo tem em uma utilidade desde uma colmeia que você criou até mesmo a carne queimada na fogueira e vira carvão, ou reparos em sua cabana e ferramentas. O grande passo do jogo é você alcançar as outras regiões fora da inicial onde outros anciões estão protegendo e apresentam recursos diferenciados.

Por exemplo, a região de Black Forest, apresenta inimigos poderosos e temidos Trolls, além de minérios e calabouços subterrâneos com recompensas interessantes. Então equipe-se ou crie uma estratégia para derrotar esses inimigos, pois a morte leva tudo que estiver no personagem e você deve retornar, ou ter um plano secundário na sua base.

Valheim
Valheim (Imagem Divulgação)

O abraço de Yggdrasil

Com isso vamos ao objetivo de Valheim: mostrar seu valor a Odin. Grandes rivais do grande pai estão nesse lugar e cabe você derrota-los para mostrar seu valor. Nesse ponto eu tenho que relatar a minha experiência frustrante e divertida com o primeiro chefe do jogo: Eikthyr.

Hugin guia você mostrando no mapa o local onde você invoca. Para invocá-lo coloque dois troféus de cervo (todos os animais e monstros tem troféus) no altar e se prepare. O céu escurece, a musica da aquela sensação deliciosa de combate épico e pronto o grande Cervo Rúnico aparece e descarrega um raio em mim que me mata na hora. Eu retorno ao local do corpo e lá está o cervo esperando para a peleja. Nesse ponto eu só tinha criado um machado e assim reiniciei o jogo.

Então é importante você ter um plano, se sentir confiante para essa batalha, pois ao derrota-lo você poderá evoluir no personagem. Além disso ele te confere um poder que pode ser reutilizado conferindo uma redução do uso de estamina ao correr e pular.

A ambientação noturna é algo maravilhoso, as estrelas, a lua e o ramo da Yggdrasil abraçando o local. Por mais que a ambientação esteja bem feitas, as musicas encaixam bem dando aquele clima. Algumas mecânicas podem parecer meio estranhas e ainda não polidas para a versão atual do jogo, visto bem durante movimentação e ataques, e até mesmo os ângulos de construção que consomem um tempo e pode ser difícil de acostumar.

Além disso, é visualmente um jogo difícil para jogar sozinho. O acesso e disponibilidade de até 10 pessoas em um servidor permite uma evolução maior, é obvio isso, mas realmente a experiência é diferente. Conforme você derrota mais monstros eles evoluem para aumentar o desafio e recompensas.

Contudo, Valheim supera expectativas e é um boa pedida para quem busca esse tipo de desafio ou gosta de criação. Além claro da temática nórdica e os elementos dispostos no mundo, como as pedras rúnicas e suas mensagens de aviso, contando sobre o local.

Valheim foi produzido pela sueca Iron Gate e distribuída pela Coffee Stain Publishing e está disponível com acesso antecipado na Steam. Com a ideia de trazer um caráter retro e acessível, ele agrada vários públicos e ainda conta com localização em PT-BR. Além disso tem o potencial de melhorar com polimento ao longo do tempo. Comece agora e se junte aos 2 milhões de vikings que estão nessa jornada em busca de retomar essa terra de Odin.

ADQUIRA AGORA NA STEAM