Máquinas Dydo Emprestam Guarda-chuvas Recicláveis Gratuitamente no Verão Japonês

Anúncio

O verão no Japão não é famoso pelo sol, mas sim pela grande quantidade de chuva devido às monções que tomam conta do Sudeste Asiático durante essa época do ano.

Muitas pessoas acabam se esquecendo de levar seus guarda-chuvas quando saem, mas isso não será mais um problema, agora as hanbaiki (máquinas de vendas) da Dydo ofereceram guarda-chuvas recicláveis gratuitamente.

Em 2015, a Dydo começou uma experiência em Osaka, oferecendo o empréstimo gratuito de guarda-chuvas em algumas máquinas de vendas da cidade. A única exigência era que, ao acabar de usar o guarda-chuva, a pessoa devolvesse o mesmo em qualquer uma das outras hanbaiki da empresa.

Algumas pessoas podem achar que a Dydo vai perder vários guarda-chuvas com isso. Mas estamos falando do Japão, e acreditando que os seus usuários vão devolvê-los, a empresa resolveu expandir o programa pelo país, incluindo Tóquio na iniciativa. A companhia anunciou que os guarda-chuvas estarão disponíveis em quase 500 máquinas de vendas, sendo 190 na região leste de Kanto.

Além de serem de grande ajuda na hora do aperto, os guarda-chuvas também são ecológicos. Alguns deles são doados pelas empresas ferroviárias, como a Japan Railways, Tokyu, e Tobu, que sempre encontram guarda-chuvas esquecidos nos trens e que não são procurados pelos seus donos. Em vez de jogá-los no lixo, os guarda-chuvas em bom estados são limpos e recebem um novo tecido e cabos para fazer parte do programa.

Talvez o logo da Dydo e o texto em japonês dizendo “guarda-chuva de aluguel” devem ajudar a desencorajar os mais inescrupulosos a ficarem com eles.

E a melhor parte é que a Dydo não exige que você compre algo para que você possa pegar o guarda-chuva. Porém, não é uma má ideia comprar uma bebida no clima quente e úmido de Tóquio antes de pegar o guarda-chuva. é uma boa jogada de marketing.