Anúncio

DIMLIM é uma banda japonesa de metal, mais especificamente metalcore e deathcore com elementos alternativos, formada em Junho de 2017.

Sua primeira formação contava com Sho (vocalista) (2017-atual) Ryuuya (guitarista) (2017-2019), Retsu (2017-atual) Tsubasa (baixista) (2017-2017) e o polêmico Issei (baterista) (2017-2017). Este último considerado polêmico por ter se exposto em uma polêmica de assédio moral com uma fã menor de idade pela internet, além de boatos sobre outros membros da banda terem tido problemas com ele.

Conheça também: 5 bandas de visual kei que começaram em 2019!

Hoje em dia, permanecem da formação original apenas Sho (vocalista) e Retsu (guitarrista), esses poucos anos que marcam o início da banda foram bastante agitados, a formação da banda no momento em que estamos escrevendo essa apresentação é Sho (vocalista), Retsu (guitarrista) e Hiroshi (baterista).

Os membros que formam DIMLIM atualmente não tem larga experiência com música, até então, o vocalista Sho nunca havia estado numa banda, e o guitarrista Retsu havia apenas atuado com a banda D.I.D (falecida banda deathcore do ex baterista Issei) como suporte. Já o atual baterista Hiroshi tocou com uma banda de rock não-visual que usa elementos eletrônicos chamada No Way Plan (2017-atual).

DIMLIM teve um início turbulento, após perder 2 membros no mesmo ano de seu debut muitos fãs estavam com medo de que a banda tivesse uma finalização prematura, porém, o lançamento do single The Silent Song apenas 1 mês após a saída dos músicos, seguido do lançamento do MV de Vanitas apeasodnas 2 meses antes do lançamento do álbum CHEDOARA elevou consideravelmente os comentários sobre a banda, trazendo muitas críticas positivas e novos fãs por ser um lançamento bem diferente dos anteriores, além de trazer também 2 membros que atuavam como suporte oficialmente para a banda (Taishi no baixo e Hiroshi na bateria). Até o presente momento, Vanitas tem larga vantagem na contagem de views no canal da banda no YouTube, estando muito perto do meio milhão de acessos (Jan/2020)!!!

No final de 2018 a banda deletou de seu canal no YouTube e Site Oficial as músicas e informações sobre alguns de seus primeiros singles e miniálbuns, lançando RIJIN, que seria o segundo single oficial da banda, como primeiro, demonstrando possível distanciamento da proposta inicial da banda, quando os músicos eram essencialmente ex-membros de bandas como D.I.D., deviloof e Airish (bandas marcadas pelos gêneros deathcore e metalcore) e tomando um rumo que adicionava influências mais experimentais e alternativas.

Mas quando tudo parecia que ia se estabilizar, mais uma vez a banda perde dois membros, deixando os fãs apreensivos novamente. Mas não se engane, essa instabilidade na formação da banda não foi suficiente para acabar com eles, eles tinham lançado o single RIJIN apenas 2 meses antes dessa perda e já tinham anunciado novo álbum previsto pra Dezembro de 2019 (intitulado “MISC.”), que foi adiado para Janeiro de 2020 provavelmente pela perda de membros, o que se mostrou suficiente pra sustentar a banda em mais esse momento de crise.

E então, com o lançamento de MISC. a banda mostra que as coisas mudaram para eles, recentemente o guitarrista Retsu anunciou em sua conta do Instagram que não vão mais fazer parte do Visual Kei e no álbum podemos ver que algumas mudanças sonoras também foram feitas! DIMLIM que até então trabalhava principalmente com metalcore e deathcore, que já tinha se aberto para algumas influências mais alternativas somente para deixar seu estilo mais elaborado e não o mudando totalmente, agora nos mostra um álbum mais baseado no math rock, com transições elaboradas e letras que passam seu recado de forma bem diferente de tudo que haviam feito até então!

“honestamente, isso é um pouquinho triste
mas não acho que vocês deveriam se sentir traídos
porque o que você amava era uma máscara”

O novo álbum, sem dúvida, decepcionou alguns fãs, mas também trouxe muita gente nova, o que você achou? Ouça o MISC. e dê a sua opinião!

DIMLIM no Brasil e Desconto SUCODEMANGÁ

E mais uma vez o bordão “come to Brasil” venceu de novo, dessa vez a banda de metal Visual Kei DIMLIM foi quem cedeu ao charme brasileiro. O local já foi confirmado e será na Casa da Música, em São Paulo, no dia 29 de março.

O leitor do Suco de Mangá tem desconto para a compra do ingresso. Atualmente, Ingresso Normal e Social já encontram-se esgotados, porém, ainda resta a modalidade “Ingresso Normal + Meet & Greet” por R$100,00 com nosso código! Compre agora mesmo no link abaixo:

DIMLIM COM O SUCO DE MANGÁ 

E aí, o que acharam? Curiosos pra saber o que 2020 reserva pra DIMLIM? Fiquem ligados!!