Existe um drama de filmes adaptados de games que assombram muitos fãs de cada plataforma, talvez o último sucesso foi Detetive Pikachu, mas esse ano somos apresentados a uma nova sequência de uma franquia adaptada de games que dificilmente alguém nunca tenho jogado ou visto na vida.

Red e seus amigos estão de volta com Angry Birds 2, mantendo o mesmo nível de comédia e diversão do primeiro filme, extrapolando ao máximo o que uma boa animação faz e trabalhando alguns debates recentes que também te arranca risadas aos montes.

ANGRY BIRDS 2

Piada Crescente

Para quem não se recorda, o primeiro Angry Birds trouxe aquele padrão de piada que cresce nela mesma e na sequência vem mais uma piada escalada, o dinamismo do humor no primeiro filme se repete em sua sequência, dessa vez trabalhando a junção de porcos e pássaros para vencer um inimigo em comum, e tudo se resolve como o normal da vida cotidiana, diálogos.

Acrescentando trilhas sonoras conhecidas por todas as gerações, fazendo referências a cenas famosas, ou seja, típica animação já vista muitas vezes, mas não pense apenas como algo comum, ainda se mantém fiel ao game jogado e trabalha aquele humor de desenho animado antigo sem ofender gêneros e outros pontos já conhecidos dos desenhos clássicos.

ANGRY BIRDS 2

Dublagem e seu diferencial

Como próprio da cultura nacional quando o assunto é dublagem, mais uma vez a mesma se destaca como o maior diferencial para esse filme, trazendo não só referências conhecidas aqui como até alguns memes, isso já faz parte da cultura da comédia em qualquer filme desse gênero, não uma obrigação e sim uma referência, talvez Angry Birds 2 com áudio original deve ser legal e até divertido, mas não é a mesma coisa, pois frases como “sabe de nada inocente”, “miga, sua loca” e “vem afobado assim não, vem tranquilo” tem sido frequente na dublagem brasileira, e aqui também se faz presente e certeiro para um bom humor.

O mundo do desenho animado é o que faz esse filme ser algo sem limites ao estilo Tom e Jerry, Looney Tunes ou Pica-pau, trabalhando a mesma coisa de sempre, mas esse é o grande segredo de Angry Birds 2 ser a perfeição em tela, uma animação padrão TV aberta dos anos noventa, dentro dos padrões atuais de humor, não há homofobia, racismo ou machismo, a prova que a velha fórmula de desenho animado pode sim ser atualizada para os padrões atuais e divertir como a velha guarda de desenhos animados.

ANGRY BIRDS 2

Uma franquia longínqua vindo aí?

Sem surpresa de roteiro, a ponto de ser rotulado como igual ao primeiro, mas engraçado como sempre, Angry Birds 2 fortalece uma possível chance de franquia longínqua, a qual dividirá opiniões futuras, mas nesse segundo filme, a certeza é de sucesso e diversão ao melhor estilo desenho animado de ser.

REVIEW
Angry Birds 2: O Filme
Artigo anteriorFalcão e o Soldado Invernal | Gravações da série já começaram
Próximo artigoBlade: Mugen no Juunin | Primeiro Gole
Baraldi
Editor, escritor, gamer e cinéfilo, aquele que troca sombra e água fresca por Netflix e x-burger. De boísta total sobre filmes e quadrinhos, pois nerd que é nerd, não recusa filme ruim. Vida longa e próspera e que a força esteja com vocês.