Anúncio

Sendo um dos maiores eventos de jogos do mundo, a Tokyo Game Show 2019 aconteceu no centro de convenções Makuhari Messe, em Chiba e atraiu cerca de 300 mil pessoas em 4 dias de evento (2 exclusivos para a Imprensa e 2 abertos para o público).

CONFIRA NOSSO ÁLBUM COMPLETO NO DRIVE

CONFIRA NOSSO ÁLBUM COMPLETO NO FACEBOOK

Foram 40 países participantes e mais de 1.500 jogos exibidos, além de arenas de competição, como de Call Of Duty e Street Fighter, um espaço exclusivo para desenvolvedores indie e gigantes da indústria como a Sony (Playstation), Sega, Konami e Capcom.

Estivemos por lá no sábado, 14 de setembro, e agora pela primeira vez como Imprensa. Confira um pouco do que rolou no evento e nos próximos dias soltamos mais algumas matérias reservadas aos games exibidos na maior feira de games do Japão. 

O Evento

A Tokyo Game Show aconteceu em um grande espaço composto de 4 grandes salões, como o Rio Centro (Rio de Janeiro) e o São Paulo Expo (São Paulo). Foi um evento muito grande, com 655 expositores e mais de 2.400 estandes. A maioria dos participantes eram homens, mas também tinham famílias com crianças e mulheres. Tinha uma boa área de alimentação na área externa, fora várias opções de comida do lado de fora do evento, como um shopping.

Na área de expositores, participaram 18 países asiáticos, 5 países das Américas (incluindo o Brasil), 15 países europeus e 1 da África (Egito). O estande do Brasil levou 4 desenvolvedoras, Bravery Software (Capsella The Lights of Lucern), Cafundó Creative Studio (Tetagron), Hoplon (Heavy Metal Machines: Cars MOBA) e Ludiware Interactive (The Paper Cutting Tales).

O evento ainda contou com o lançamento de jogos exclusivos para o Japão, como Revenge of Justice (Kemco), Shojo Kageki Revue Starlight -Re LIVE (Ateam Inc) e os dating simulators da Prototype (Zettai Kaikyuu Gakuen, Flowers, Omega Vampire e Fatal Twelve).

A Tokyo game Show premiou os melhores da indústria japonesa de jogos na cerimônia do Japan Game Awards, que foi criado pelo Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão em 1996. O melhor jogo da categoria Amateur foi ORBITS (Escola HAL Tokyo) e os melhores da categoria Future 13 Sentinels: Aegis Rim (Atlus), Atelier Ryza: Ever darkness & the Secret Hideout (Koei Tecmo Games), Cyberpunk 2077 (Spike Chunsoft), Death Stranding (Kojima Productions), Dragon Quest XI S (Square Enix), Final Fantasy VII Remake (Square Enix), New Sakura Wars (Sega), Nioh 2 (Koei Tecmo Games), Persona 5 (Atlus), Resident Evil: Project Resistance (Capcom) e Yakuza: Like a Dragon (Sega). O prêmio de Melhor do Jogo do Ano foi para Super Smash Bros. Ultimate (Nintendo) e o de Melhor Game Designers foi para Astro Bot: Rescue Mission (Sony).

Além disso, a TGC teve uma área só com universidades e escolas de jogos para que as pessoas pudessem se informar sobre os cursos da área e conhecer alguns jogos e tecnologias desenvolvidos por eles. Essa foi uma oportunidade muito interessante para quem deseja entrar na indústria de jogos, não só para quem quer entrar em uma companhia de jogos, mas também para aqueles que querem desenvolver seu próprio jogo ou estúdio.

Com tantas pessoas interessadas na área de jogos e desenvolvedores querendo mostrar seu trabalho e ter apoio financeiro, a Tokyo Game Show apresentou uma Área para Negócios, que incluía um serviço de intérprete gratuito (inglês/japonês). Do mesmo estilo, a Área de Solução de Negócios, onde as empresas podiam fazer negócios (B2B) e conhecer diversos produtos e serviços, como ferramentas, middleware, serviços de suporte para jogos online, licenciamento de negócios e recursos humanos.

Área de Jogos Indie

O evento apresentou uma área exclusiva para desenvolvedores Indie, com 655 estandes. Apesar dos estandes serem bem pequenos, a área era bem grande e era são só mais fácil para poder jogar o que estava disponível, mas também uma boa oportunidade para conversar com os seus desenvolvedores.

Alguns desenvolvedores que ficaram bem conhecidos marcaram presença no evento, como o pessoal da tinyBuild (Hello Neighbor) que estava com o novo jogo Totally Reliable Delivery Service, um jogo de entrega muito divertido para jogar com os amigos. Além da Lucid Dreams Studio, que apresentou o Legends of Ethernal, um belo jogo de aventura em 2D; a Love Lab com o jogo Dream Daddy, que ficou estranhamente famoso por ser um dating simutalor com pais bonitões (ou não); e a Robot Gentleman, que estava com seu jogo de sobrevivência pós-apocalíptica 60 Seconds.

e-Sports X

Contando com 2 arenas, o e-Sport atraiu muitos fãs e causou uma grande comoção durante as disputas.

Na BLUE STAGE (Playstaion 4), aconteceram o Combate Especial de Call of Duty: Modern Warfare, o Campeonto Profissional de Tekken que decidiu o representante japonês (), o Campeonato de Puyo Puyo e a CAPCOM Pro Tour Asia Premier de Street Fighter.

Já na RED STAGE, aconteceram o Campeonato de Puzzle & Dragon, o Campeonato Mundial de Dead or Alive 6, a Arena of Valor International Championship e o Dragon Quest Rivals Masters Cup.


Fiquem ligados que em breve sairá matérias com os principais destaques e games da feira japonesa.