Tsurune faz parte da Temporada de Outono 2018 e começou a ser exibido na Crunchyroll no dia 22 de outubro. Seu último episódio foi ao ar no dia 21 de janeiro de 2019, terminando um pouco depois da maioria dos animes da sua temporada, com o total de 13 episódios.

O estúdio Kyoto Animation ficou responsável pela adaptação, e assim como a maioria de suas obras, fez um trabalho impecável na parte visual, fornecendo cenas lindas de um jeito que só ele é capaz. E o diretor, Yamamura Takuya, contribuiu com a obra de sua maneira, deixando Tsurune no mesmo estilo dos demais animes do estúdio.

O anime foi baseado em uma light novel de mesmo nome, que é publicada desde 2016. Tem dois volumes até o momento e não possui previsão de finalização. Ayano Kotoko e Morimoto Chinatsu são os criadores, cuidando da escrita e da arte, respectivamente. A obra é um drama e o foco é o esporte, nesse caso, o Kyudo.

Garoto e Colegial

Tsurune segue Narumiya Minato, um garoto que acabou de entrar para o colegial. Ele reencontra dois amigos na escola nova, Takehaya Seiya e o Yamanouchi Ryouhei. Assim que entram no colégio, são chamados por um professor, que pede ajuda dos três para reativar o clube de Kyudo (esporte com arco e flecha).

Todos possuem familiaridade com o esporte, mas somente Minato e Seiya praticaram efetivamente. Seiya e Ryouhei se mostram empolgados para ajudar o professor, enquanto Minato hesita, pois no passado teve problemas relacionados ao esporte.

Tsurune: Kazemai Koukou Kyuudoubu
Tsurune: Kazemai Koukou Kyuudoubu (Pôster Divulgação)

Entendendo o Kyudo

A história basicamente gira em torno de Minato, que precisa enfrentar seus medos para voltar ao Kyudo, sua paixão desde a infância. Mas ele não está sozinho, e terá ajuda de seus colegas e amigos.

Kyudo é um esporte de basicamente contemplação. Não é de grande ação, mas pode gerar uma empolgação quando se trata dos torneios. O anime não tentou tornar o esporte excessivamente empolgante, mantendo as cenas o mais próximo da realidade possível. E nessas partes, o anime realmente foi bom, fornecendo várias informações sobre o Kyudo, pouco conhecido por aqui.

Ritmo Arrastado

Mas, um ponto negativo é que todo o resto do anime se tornou arrastado. A história teve uma progressão lenta, e o ponto mais alto foi no último episódio. Antes disso, era uma linha reta, com nada que realmente empolgasse. Isso o deixou um pouco cansativo de assistir. Fora que, o fato de ter começado depois, quase no final do mês, culminou no fato de que foi um dos últimos a terminar, deixando aquela sensação de “isso não vai terminar nunca?”

Mas isso deixou uma abertura para a construção de personagens, e alguns deles realmente tiveram um bom desenvolvimento. Minato obviamente foi um dos que mais obteve mudanças, mas a obra não se esqueceu dos demais membros do clube e professores também.

O final foi um tanto aberto, como se tivesse faltando um episódio para finalizar realmente. E, de acordo com o MyAnimeList, haverá um episódio extra em março, mas pode ser que não seja um fechamento realmente. Então é se contentar do jeito que finalizou, por mais vago que tenha sido.

A abertura, “Naru”, é cantada pelo grupo Lucky Life, que chama atenção assim que começa a tocar, pois é bem forte e empolgante. O encerramento fica por conta da ChouCho e se chama “Orange Iro”, uma música mais lenta e doce, perfeita para encerrar os episódios.

Tsurune: Kazemai Koukou Kyuudoubu
Tsurune: Kazemai Koukou Kyuudoubu (Imagem Divulgação)

Concluindo

Apesar de ser um anime lento, tem seus pontos positivos, além de ser uma obra muito bonita. O esporte é muito interessante e vale a pena conhecer e expandir os horizontes.

É perfeito para quem gosta de obras mais contemplativas, que foca em trabalhar mais os personagens.

ASSISTA AGORA NA CRUNCHYROLL