Anúncio

A CAPCOM depois de remasterizar o Resident Evil 4 e o Resident Evil “1” para a nova geração e para o Windows vem com o clássico exclusivo do Game Cube de 2002: O Resident Evil 0 (Zero). Esse jogo já teve a portabilidade para o Nintendo Wii e nesse ano, 19 de Janeiro, agora está disponível para PC (Windows), Xbox 360 e One e Ps3 e Ps4.

Resident Evil 0 HD Remaster retrata a história do Bravo Team (Time Bravo) da força especial de Raccoon City, ou como todos conhecem, os S.T.A.R.S, que são chamados para averiguar os fatos relacionados a uma ausência de comunicação com um trem. Ao chegarem próximos a região onde o trem está localizado uma falha mecânica com o helicóptero força o Bravo Team a fazer um pouso forçado.

Uma Nova Protagonista e um Prisioneiro!?

Enquanto eles vasculham Rebecca Chambers, especialista em medicina encontra com trem ao mesmo tempo que Enrico Marino chefe do Bravo Team encontra um carro capotado com pessoas mortas e um fichamento do ex-soldado da marinha Billy Coen sentenciado a morte por assassinar 23 pessoas. Ao entrar no trem Rebecca encontra o pior pesadelo possível Mortos-Vivos e Billy que convence ela a unir forças para permanecerem vivos.

Resident Evil 0 HD Remaster funciona com um sistema diferente dos outros clássicos, não existe o famoso baú de itens, pois além de você ter 12 slots pois controla os personagens simultaneamente você pode deixar os itens no chão para coleta-los depois. O jogo também traz uma novidade com relação ao conteúdo extra, as roupas são acessíveis dentro do jogo a qualquer momento. Para isso é só ativa o inventário e no item pessoal mudar para uma mala de roupas e escolher a sua preferida.

Os controles podem ser confusos no começo, você tem ação de trocar personagem ou dar ordem nele. O sistema de ter os dois simultaneamente exige que o jogador pense bem em levar ambos a todo momento. Rebecca é mais fraca mas combina ervas enquanto Billy é mais resistente e forte e empurra e usa coisas pesadas.

As Novidades

Resident Evil 0 HD Remaster traz inimigos novos e uma alteração do T-vírus, os Plagues Crawlers ou as baratas mutantes e os Eliminators que são testes em macacos, são inimigos que provocam um bom desafio. Os enigmas continuam muito fortes, principalmente que focam conhecimentos naturais, matemática e biologia.

Os gráficos dessa versão realmente são excelentes, o perfil e o traço humano estão exímios a perfeição, os detalhes de mobília e sombras são ótimos. A câmera do jogo é suave acompanha muito bem o personagem. O modo extra é habilitável após o término da campanha podendo assim jogar com o temível Albert Wesker no lugar do Billy.

O que chama a atenção é como prender o jogador ao jogo se é apenas um remake com gráficos melhorados e um modo novo e roupas diferentes? As conquistas para todas as plataformas! Num total de 47, força os jogadores a mostrarem e desenvolverem o talento de, por exemplo, zerar o jogo sem usar um item de cura ou até mesmo não salvar uma vez sequer.