Anúncio

Qual a escolha de uma adolescente que sempre viveu ajudando os pais surdos porém descobre uma vocação para a vida e ainda encontra o amor? Parece um drama teen, não é? É exatamente isso e ele está listado entre os possíveis indicados do Oscar 2022, No Ritmo do Coração não aparenta ser um grande marco entre os indicados, mas tocará seu coração com uma história linda e cativante sobre um drama adolescente estadunidense.

Dramas teen não tendem a chamar tanta atenção em meio a grandes obras cinematográficas, acredito que é uma junção de motivos, um deles é por ser um romance padrãozinho demais, sua simplicidade é o que mais facilita de se absorver a mensagem mas também demora para te prender, contudo é com um roteiro bem amarrado em plots emotivos e carisma do elenco que te conquista, e pela qualidade do conjunto da obra que a justifica estar entre os melhores filmes da temporada do Oscar.

O elenco não prende tanto pela atuação, mas difícil achar algum personagem ruim, da protagonista e seu casal com o garoto esquisito até a família surda e simpática, mas nada supera o professor de canto, o Sr.V (Eugênio Derbez) rouba a cena em toda sua aparição, por ser um professor muito rigoroso quando o assunto é canto, ele pressiona a protagonista para que possa seguir esse caminho, sem sequer saber o lado pessoal da mesma, mas quando alguém de extremo talento enxerga isso em alguém, o personagem muda drasticamente, se vê ali uma sensibilidade por alguém que têm um futuro na carreira, e por isso o professor rigoroso se amolece ao talento da protagonista, mas se mantém firme por não tolerar indisciplina, acaba batendo um sentimento dividido por esse personagem e por esse equilíbrio que ele é o melhor personagem da obra.

A trama é separada em três pontos os quais não se sobrepõem ao ser desenvolvido, o drama familiar é ser a filha que ouve de uma família surda e ser a única a poder ajudar no trabalho de pesca em meio a uma sociedade preconceituosa com surdos, isso se torna uma amarra a descoberta de Ruby (Emilia Jones) e sua paixão por cantar, essa que se torna uma barreira com sua família, e em paralelo a tudo isso têm o romance teen clichê que é abraçado pelo público principalmente por não ser aqueles atores hipersexualidados que transam a todo momento, são um casal de esquisitos comum e introvertidos um com o outro que se abrem aos poucos, isso representa mais a adolescência do que qualquer série fanfic de adolescente gostosão, por isso funciona perfeitamente. Têm que se destacar a mão da diretora Siam Heder aqui, o que poderia ser um filme sem sal e monótono foi transformado em uma obra emocionante e gostosa de se assistir, destaco isso pela simplicidade de uma obra teen, é sim um motivo para afastar parte do público, mas aqui é perfeitamente trabalhado e todas as idades abraçará o filme.

Como estamos falando de um possível indicado ao Oscar, claro que têm que ter a mensagem importante e significativa da obra, e aqui não há só uma, além de trazer a importância de um mundo mais acessível a surdos e destacar a dificuldade de acessibilidade a eles, também explora a responsabilidade e a escolha que uma adolescente no final do ensino médio, as amarras da família podem ser um empecilho e certos medos podem evitar que a filha siga um rumo na vida, ao mesmo tempo o amor de mãe não se discute e aqui é algo mais difícil ainda por ser uma família surda; eles não são inferiores a ninguém, mas o filme mostra a barreira que isso se torna e joga a semente da dúvida na protagonista, em contra ponto a família também se encontra dividia com decisões da filha, reviravoltas que um gênero drama sempre trabalhou, mas o que me incomoda é que esse filme possa ser ignorado pela academia por ser teen, e conhecendo os padrões deles, acredito que a indicação possa ser o máximo que No Ritmo do Coração tenha conquistado, espero que o público dê uma chance a esse filme, pois vale muito a pena.

No Ritmo do Coração é uma provável representação teen no Oscar com méritos, será aclamada por muitos do público por ser lindo e fofo, mas será ignorado pela academia pelos mesmos motivos, o que é triste, pois o filme emociona e conforta nossos corações com uma história linda de amor onde o casal está em último plano.

Anúncio

Anúncio